Cursilho 15 para Jovens – diocese de Araçatuba

15º Cursilho para Jovens da diocese de Araçatuba

20 a 23 de Julho de 2017

CURSILHISTAS CIDADE
Jhonny Moretti Jorge Andradina
Beatriz Gandolfi Montoro Araçatuba
Caroline Martins da Silva Araçatuba
Caroline Sobral Marciano de Oliveira Araçatuba
Fabrício Henrique Flamarini Araçatuba
Juliana Messias Faria Araçatuba
Mariana Gonçalves Araújo Araçatuba
Carina Aparecida Patrocínio Bento de Abreu
Liliane Magione Bento de Abreu
Lívia Barducci da Silva Bilac
Thiago Zanela Duarte Bilac
Anna Kathlen de Souza e Silva Birigui
Bethania Frigério Francisco Birigui
Bruna da Silva Maróstica Birigui
Jessica Stephanie da Silva Santos Fontes Birigui
Jonattas Fernando Grosso Tinareli Birigui
Juliano Soares Birigui
Kátia Regina da Silva Moraes Birigui
Liliane da Silva Nunes Birigui
Luiz Henrique Boaventura de Souza Birigui
Rafael Lucena Dias Birigui
Tatiane de Almeida Veridiano Birigui
Tayna Pestana Motta Birigui
Victor Bruno Camurça Birigui
Arthur Zanellati Menani Gabriel Monteiro
Diego Zuchini Carrilho Pedro Gabriel Monteiro
Gabriela Bastos de Oliveira Gabriel Monteiro
Matheus Araújo Cervantes Gabriel Monteiro
Matheus Francisco Menani Gabriel Monteiro
Amanda Aparecida Ferreira Caldato Guaraçai
Talita Debora Jesus Gripa Guaraçai
Vinicius Caetano Caldato Guaraçai
Lilian Carla Belli de Oliveira Lavínia
Jessica Carla Adami Alves Piacatu
Amanda Rodrigues Pires Santópolis do Aguapeí
Diego Miguel da Silva Santópolis do Aguapeí
Jéssica Pinati Pereira Santópolis do Aguapeí
Jonathan Willian Belo Santópolis do Aguapeí
Ana Laura Marques Ferri Valparaíso
Beatriz Dias Monzani Valparaíso
Vitor Hugo Matarugo Rodrigo Valparaíso
OMCC x logo
Clique sobre a imagem para ampliar a foto
RESPONSÁVEIS CIDADE
Padre Agnaldo Israel Ferreira – Diretor Espiritual Lavínia
Padre Edson Barbosa Andradina
Luiz Antonio Navacchio – Coordenador Piacatu
Eduardo Costa Gonzales Araçatuba
Luís Henrique Cortez Bosco Araçatuba
Maira Helena Colombo Araçatuba
Marina Pereira Bosco Araçatuba
Rodrigo José de Atayde Araçatuba
Silvia Helena de Araújo Sakamoto Araçatuba
Adriano Valente Soares Birigui
Claudia Maria Esteves Fidalgo Birigui
Gabriel Augusto Pontes Birigui
Gabriella Cristina Momesso Birigui
Jéssica Alves Birigui
João Mauro Fidalgo Birigui
Pedro Alves Birigui
Priscila do Nascimento Souza Birigui
Carlos Renato Bernabé Gabriel Monteiro
Jovânia Bassi da Silva Gabriel Monteiro
Marcos Antônio da Silva Gabriel Monteiro
Cristiane Lacerda Gomes Piacatu
Elizabeth de Lima Lacerda Gomes Piacatu
Leonardo Ferreira da Costa Valparaiso
Poliana Montoro Rivelini Valparaiso
OMCC x logo
Clique sobre a imagem para ampliar a foto
EQUIPE DE COZINHA CIDADE
Creuza de Fátima Dalbello Grassiotin – Coordenadora Birigui
Luis Grassiotin Birigui
Antenor Barbosa Araçatuba
Milene Firman de Oliveira Araçatuba
Paulo Cesar Correia Araçatuba
Tatiana Eliane Marques Pereira Araçatuba
Carla Eduarda da Silva Ferreira Bento de Abreu
Evelyn Alves Lacerda Birigui
Lourdes Coletti Garcia Birigui
Maria Fernanda da Silva Lopes Birigui
Antônio Carlos Jacintho Gabriel Monteiro
Ana Caroline Guimarães Pires Lavínia
Cecília Ribeiro da Silva Piacatu
Letrícia Dávila Correia de Carvalho Santópolis do Aguapeí
Érica Cristina Eguchi Fernandes Valparaiso
Mirian de Moraes Lima Valparaiso

Escola Vivencial MCC – Bilac – 23/07/2017

Escola Vivencial MCC – Bilac

Domingo à noite, 23.07.2017, após a santa missa, familiares e cursilhistas, dirigiram-se ao salão paroquial para recepcionar a Lívia e o Thiago, frutos do 15° cursilho para jovens, da Diocese de Araçatuba, realizado na casa de São Paulo.

IMG_20170723_210135895

Foram compartilhados momentos alegres, fraternos e de muita espiritualidade, com direito a bolo, doces e salgadinhos. Como de costume, nosso pároco padre Paulinho, também se fez presente, cumprimentando os neo-cursilhistas por esse importante momento de suas vidas.

Os jovens testemunharam seus sentimentos vividos durante o período que permaneceram no retiro, como também a perspectiva de cada um para o 4° dia.

IMG_20170723_210551623

Pedimos a intercessão de São Paulo Apóstolo e Nossa Senhora, para que sejam sempre perseverantes e produzam bons frutos para o reino de Deus.

Paz e bem a todos!

José João Ricardo
31º Cursilho para homens da diocese de Araçatuba

Escola Vivencial MCC – Birigui – 19/07/2017

Escola Vivencial MCC – Birigui

Nesta quarta feira, dia 19 de Julho de 2017, recebemos o ministro da Palavra Paulinho que deu sequência na comunicação da semana passada sobre o Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

1c6cc6c0-9bc4-488d-8aaf-3e0e8137fd41

O Evangelho de Mateus nasce da resistência de pequenas comunidades de pessoas fiéis a Jesus, sinais da presença salvadora de Deus e do seu reino. Essa comunidade proclama que em Jesus, Deus está conosco:

“Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no meio deles” (Mt 18,20) 

Na Bíblia a justiça é a vontade de Deus, seu eterno projeto. Somos justos se praticarmos a justiça quando deixamos que Deus realize a sua vontade sobre nós e como através de Jesus, realize seu projeto.

Amém!

Carine Cancian
4º Cursilho para jovens da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 18/07/2017

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça-feira, 19.07.2017, fizemos a leitura dos cursilhos que serão realizados no Brasil e no mundo, neste final de semana, pedindo orações e alavancas, para que todos tenham êxitos em seus objetivos evangelizadores, especialmente o 15° cursilho para Jovens da diocese de Araçatuba.

Invocamos a presença do Espírito Santo, partilhamos e comentamos o evangelho do dia (Mt 11, 20-24).

Na sequencia, fizemos um balanço das coisas boas realizadas no primeiro semestre de 2017, como também comentamos sobre as nossas atividades agendadas para o segundo semestre do corrente ano.

Falamos também sobre o assunto abordado na reunião das Escolas Vivencias do GED, na casa São Paulo, em 15.07.2017, que teve como tema: ESCOLA VIVENCIAL EM ESPIRITUALIDADE.

Paz e bem a todos!!!

José João Ricardo

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 18/07/2017

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

CRESCER NA CARIDADE CONJUGAL

“A graça do sacramento do Matrimônio destina-se, antes de mais nada, em aperfeiçoar o amor dos cônjuges.” (1Cor 13, 2-3)

Nesta terça feira, 18/07/2017, iniciamos os trabalhos do dia, na capela interna da Casa de São Paulo, oferecendo em Alavanca orações e partilha do Evangelho Mt 11, 20-24 (liturgia do dia) aos Cursilhos que ocorrerão no próximo no fim de semana, no Brasil e no mundo. Foram lembrados os aniversariantes da semana.

No evangelho, Jesus censura as cidades por não terem se convertido, mesmo tendo visto os milagres que Ele realizara. Essa censura se dirige a todos nós, individual e comunitariamente. “Ai de ti, Corazin! Ai de ti, Betsaida”.

Essa advertência se estende a cada um de nós e aos grupos e comunidades a que pertencemos. Jesus afirma que haverá misericórdia no juízo final: “Tiro e Sidônia serão tratados com menos dureza de que vós”! A conversão nos tornará merecedores da ternura e misericórdia de Deus.

Na sala de mensagens, Rodrigo:

  • Informou e convidou a todos para participarmos da entrada e encerramento do Cursilho de Jovens. A entrada será no dia 20, às 19:00 horas, e o encerramento no dia 23, às 18:30h.
  • Também faremos nossas alavancas para o bom êxito desse cursilho. José Leite informou que no sábado rezaremos em alavanca o terço, na Paróquia Imaculado Coração de Maria, às 7 horas da manhã.

Em seguida, Milena e Wellington fizeram a comunicação do tema “Crescer na caridade conjugal”, com base no capítulo IV da Exortação Apostólica Amoris Laetitia do Santo Padre Francisco.

dcb7b92c-0940-4958-ae7a-56526d921a7b

Esta parte da Exortação fundamenta-se na carta de São Paulo aos Coríntios, capítulo 13, versículos 4 a 7. Nesse hino à caridade, encontram-se as características do amor verdadeiro:

«O amor é paciente, o amor é prestável; não é invejoso, não é arrogante nem orgulhoso, nada faz de inconveniente, não procura o seu próprio interesse, não se irrita, nem guarda ressentimento, não se alegra com a injustiça, mas rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta»1Cor 13, 4-7).

O significado do texto de São Paulo e a sua aplicação a cada família foram tratados pelo casal Milena e Wellington com citação de trechos da Exortação e de passagens bíblicas, aprofundados pelo seu testemunho de vida conjugal.

Joaquim Benício Peruzzo
58º Cursilho da Diocese de Lins / Abril 1988

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 17/07/2017 –

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, dia 17/07/17, nossa irmã em Cristo, Daiane, fez a reflexão do Evangelho do dia, em Mt 10,34–11,1.

101_0464

“Não penseis que vim trazer a paz a terra; não vim trazer a paz, mas sim a espada” (Mt 10, 34)

As palavras do Mestre Jesus, ao cair em nosso coração, num primeiro momento, podem até causar certa estranheza, pois Ele é o príncipe da paz. Mas quando Ele diz que não veio trazer a paz, não se refere à paz que nós conhecemos fruto do Espírito Santo, que é tão necessária para a nossa alma.

Há uma certa ilusão, um certo engano em relação à paz. Algumas pessoas acham que ter paz é estar tudo bem, não se preocupar com nada, deixar a vida andar do jeito que está.

Temos que viver a paz uns com os outros, temos de amar uns aos outros, mas isso não significa aceitar tudo que é errado. Usar a espada do Espírito não é criar guerra, conflito, brigar uns com os outros. Não é essa espada! A espada do Espírito é a espada do discernimento.

Temos de ter a prudência do Espírito e usarmos a espada para não permitirmos que a força do mal predomine naquilo que nós estamos fazendo. É essa graça, essa divisão, essa separação que Jesus veio fazer no meio de nós. Ele quer que façamos essa divisão, para que, assim, possamos viver a paz e o amor no meio de nós.

Jovania

Este slideshow necessita de JavaScript.

GED – Reunião Escola Vivencial – 15/07/2017

GED – Reunião Escola Vivenciais

Na tarde de ontem, 15/07/2017, reuniram-se representantes do GED (Grupo Executivo Diocesano) do MCC da Diocese de Araçatuba e respectivos setores de Araçatuba, Birigui e Guararapes, com fins de analisar a EV (Escola Vivencial – que em nossa diocese instalada em 12 localidades) e traçar objetivos comuns com vista à continuidade da programação no segundo semestre de 2017.

Após a oração inicial, leitura e partilha do evangelho do dia (Mt 10, 24-33), Nelson Lemos – responsável pela EV no GED – expôs o objetivo da reunião. Em seguida, foi proposto o VER da Escola Vivencial:

  • Como está a espiritualidade da Escola Vivencial?
  • Quais os pontos positivos e negativos?

Como pontos positivos:

  • os participantes são chamados à caridade e respondem afirmativamente;
  • celebração de missas, orações;
  • partilha de evangelho;
  • reza do terço;
  • apoio de sacerdotes e diáconos;
  • inserção nas atividades da Igreja; 
  • engajamento nas paróquias onde se localizam as respectivas EV;
  • Lectio Divina, em Bilac, propicia maior participação e partilha do Evangelho;
  • testemunhos de vida;
  • leitura e reflexão da Bíblia, que fortalece a espiritualidade;
  • vivência em grupos / comunidades;
  • abertura a não cursilhistas (inclusive para comunicação de mensagem);
  • intercâmbio de mensageiros(as) entre os quatro setores da diocese e as cidades que os compõem;
  • ações para inserção dos jovens;
  • reativação da Escola Vivencial em cidade onde estava inativa (Lavínia).

Como pontos negativos:

  • dificuldades financeiras;
  • a desmotivação pessoal para formação de mensageiros(as);
  • falta de espaço próprio para os jovens (quando são estudantes estão em cursos noturnos);
  • falta de efetiva ação missionária.

Após a análise do VER da Escola Vivencial como um todo, refletimos o texto que se encontra nas páginas 41 a 43 do livro O MCC em estado permanente de missão “Espiritualidade”.

No momento do DISCERNIR, comparamos as ideias do texto “Escola Vivencial em Espiritualidade” com a realidade apresentada no VER.

Para viver a dimensão da Espiritualidade, a Escola Vivencial deve promover:

  • O encontro com Cristo
  • A conversão
  • O discipulado
  • A dimensão comunitária da fé
  • A missão: anunciar Jesus Cristo

Uma Escola Vivencial cuida da formação do povo de Deus (Meu povo se perde por falta de conhecimento – Oseias, 4).

A Escola Vivencial (de cada localidade) deverá:

  • Cuidar de seus formadores, seus mensageiros, aqueles que proclamam o anúncio da Boa-Notícia.
  • Não se improvisa um bom mensageiro.

Um bom evangelizador precisa ter as seguintes características:

  • Ter experiência da salvação
  • Zelar pelo Evangelho
  • Analisar a realidade (VER) e (DISCERNIR) com os olhos cristãos – É isto que Deus quer?
  • Viver o Evangelho

Após as reflexões, foram socializadas as propostas de calendário do segundo semestre da Escola Vivencial das cidades de Bilac, Birigui e Guararapes. Ficou decidido como parte do AGIR que a Escola Vivencial (nas suas doze localidades) – fará o estudo, entre outros, do documento do MCC:

  • Roteiro de Estudos para Escolas Vivenciais e Assembleias / O MCC em estado permanente de missão “Espiritualidade”

Da própria comunidade (não se excluindo o costume do intercâmbio de mensageiros), deverá sair o comunicador, o mensageiro, o bom formador, aquele que tem as características acima apresentadas.

Os subsídios são o próprio livro e o material em PPT disponibilizado na Assembleia Regional de Botucatu (2017) publicada neste blog (https://mccaracatuba.wordpress.com/category/ger/assembleia-regional/).

O Grupo Executivo Nacional/Grupo de Apoio do Movimento de Cursilhos do Brasil, nos convida:

Somos chamados a fazer todas as nossas ações passando pelas Mãos de Maria Santíssima, para chegarmos ao Coração Santo de Cristo, durante os dias desse Ano Mariano.

Joaquim Benício Peruzzo
58º Cursilho da Diocese de Lins / Abril 1988
vice-coordenador do GED

Alavanca – Cursilho 15 para Jovens

Grupo Executivo Diocesano

Movimento de Cursilhos de Cristandade

Diocese de Araçatuba

Irmãos e irmãs cursilhistas

Os trabalhos do 15º Cursilho para Jovens da Diocese de Araçatuba iniciaram-se, neste dia (15/07 – sábado), com a reunião preparatória da equipe de responsáveis e que aconteceu na Casa de São Paulo.

A partir daquele instante, o blog se juntou aos responsáveis de Cristo e agora, também, vem convidar você que mantem seu coração incandescente na chama do Amor de Jesus, a fazer o mesmo, permanecendo neste período em oração à São Paulo Apóstolo e Nossa Senhora das Graças, rogando a intercessão junto a Nosso Senhor, para fortalecer o humilde trabalho dos responsáveis deste Cursilho, para que concluam suas tarefas de forma plena e em especial, permitindo que o dom da proclamação da Palavra se revele pelas (os) mensageiras (os) orientando os jovens neo-cursilhistas para o SIM do convite do CRISTO RESSUSCITADO que já bateu à porta do coração de cada um (a) deles (as), por intermédio de seus padrinhos e madrinhas.

Assim, una-se ao pessoal do blog e juntos oremos, rogando à Nossa Senhora para que interceda ao Pai e continue fazendo maravilhas em nossas vidas e nas daqueles que agora chegam … oferecendo alavancas pessoais e coletivas, lembrando em nossas orações da orientação de Papa Francisco na Santa Missa pela XXVIII Jornada Mundial da Juventude (Rio de Janeiro, 28 de julho de 2013).

JMJ1

“A Igreja precisa de vocês, do entusiasmo, da criatividade e da alegria que lhes caracterizam!

Um grande apóstolo do Brasil, o Bem-aventurado José de Anchieta, partiu em missão quando tinha apenas dezenove anos!

Sabem qual é o melhor instrumento para evangelizar os jovens?

Outro jovem!

Este é o caminho a ser percorrido por vocês!” 

Com toda a fé e a esperança, temos a certeza que a oração é a principal força de qualquer ação que levamos a fim, especialmente nos cursilhos, para o serviço de todos os responsáveis e das comunidades. 

Que cada novo acesso, una o visitante, mais e mais, ao pessoal que acompanha o Blog on-line e assim, permaneçamos juntos em oração, nestes dias que antecedem o inicio (20/07 às 19:00h – quinta-feira) desta grande experiência Vivencial Cristã, permanecendo em Alavanca até o momento de seu encerramento (23/07 às 18:30 h – domingo).

Por gentileza, deixe seu nome, cidade e cursilho junto aos comentários como intenção nesta alavanca, para que possa ser apresentado aos jovens renovados pelo Amor de Cristo que sairão deste 15º Cursilho para Jovens da diocese de Araçatuba.

Jorge Tadeu Abrahão
Responsável Blog MCC da Diocese de Araçatuba

Escola Vivencial MCC – Birigui – 13/07/2017

Escola Vivencial MCC – Birigui

Nesta quarta-feira, 12 de julho de 2017, recebemos em nossa escola os candidatos e candidatas ao 15° Cursilho para Jovens.

0b64f3d5-5a62-4a06-adbc-7b4a2fc370f9
Após a apresentação, recebemos com grande alegria nosso irmão Paulinho, ministro da Palavra, que nos falou sobre o Evangelho de Mateus.

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Carine Cancian

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Coroados – 12/07/2017

Escola Vivencial MCC – Coroados

Boa noite. Que a paz de Jesus esteja convosco.

Nesta quarta-feira, 12/07/2017, mais uma vez, nos reunimos em nome de Jesus, com a comunicação de abertura: “A graça de Deus é para falarmos na hora certa e de forma correta“, a qual fala da expulsão dos demônios de nosso meio, os quais não permitem  que nos comuniquemos como Cristo deseja.

O mensageiro do dia foi o irmão em Cristo Ronaldo Maesta que falou sobre “Imagens na igreja“.

IMG_3190

Sempre somos questionados por irmãos de outras religiões pelo fato de cristãos católicos ter o costume da admiração por imagens sacras.

Lembrou que em nossa Igreja existem imagens, feitas para lembrar de Jesus, nossa Senhora e todos os Santos, num primeiro momento, parecendo até uma desobediência à ordem de Deus, em seus mandamentos.

O certo é que a Igreja nunca levou seus fiéis a adorar imagens, mas os orientou que estas imagens são canais de intercessão, que no exemplo dos Santos em nossas orações  cheguemos a Jesus e Deus Pai.

Um exemplo simples (acredita-se que todos já passaram por isso) é quando alguém se sente em perigo (ou precisa de ajuda) e diz:

“Nossa senhora intercedei por mim junto a Deus pai.”

Para nós cristãos católicos, todas as imagens na Igreja são um meio de aproximarmo-nos de Deus, termos no exemplo daquele santo representado na imagem, um caminho que nos leve, também, a santidade.

Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo .. para sempre seja louvado.

Eliana Marques

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 11/07/2017

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça–feira, 11.07.2017, com alegria, recebemos a jovem Cris, seus pais Beto e Beth, da cidade de Piacatu, exemplo de família cristã e cursilhistas perseverantes.

Iniciamos nosso encontro invocando a presença no Espírito Santo, orações do Pai Nosso e Ave Maria, leitura e comentário do evangelho do dia (Mt 9,32-38).

Na sequência a comunicadora Cris falou-nos sobre o tema: A NOSSA VIDA EM CRISTO.

WhatsApp Image 2017-07-12 at 12.56.30 (4)

A nossa vida espiritual somente é completa quando cumprimos verdadeiramente os preceitos de Cristo e colocamos em prática os Seus ensinamentos em favor do próximo, ou seja, daquele que estiver mais precisando de nós no momento.

Cremos em Jesus Cristo, mas será que damos a Ele o lugar que realmente deve ocupar em nossas vidas?

Há pessoas que veem na figura de Jesus apenas como seu salvador, o filho de Deus que morreu para nos salvar. Mas, os apóstolos, nos evangelhos e nas cartas, O apresentam primordialmente como o Senhor.

Jesus é o Senhor e, como tal, deve fazer morada em nossos corações e ocupar as nossas vidas.

“Nem todo aquele que diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade do meu Pai, que estás nos Céus.” Mateus 7:21

Temos colocado no nosso coração o desejo ardente de fazer a vontade do Pai?

Praticamos atitudes iguais às de Jesus?

A cada novo dia, precisamos encontrar um sentido para a nossa vida, mas somente a encontramos quando acreditamos que Cristo é fonte inesgotável de amor e bondade.

A expressão rica e maravilhosa de Paulo nos da certeza de que Cristo é realmente a fonte da nossa vida.

“Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados.” (Ef 2,1)

Essa mesma voz que trouxe Lázaro do túmulo nos criou em novidade de vida. Ele agora é a substância de nossa vida espiritual. É pela sua vida que vivemos; Ele está em nós, a esperança da glória, a fonte de nossas ações, o pensamento central que move todos os outros pensamentos.

“Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória.” (Col 3,4)

Cristo é o sustento da nossa vida. Ele é importante para nós porque, por meio de Sua Expiação, Seus ensinamentos, Sua esperança, Sua paz e Seu exemplo, nos ajuda a mudar nossa vida, enfrentar nossas provações e seguir avante com fé em nossa jornada de volta à presença d’Ele e de Seu Pai.

A carta aos Filipenses escrita por Paulo, nos fala da vitória do servo de Deus, independente das circunstâncias ou momentos. Paulo mostra que Cristo é sua vida.

No primeiro capítulo desta carta, encontramos sete expressões de como Cristo é a vida do cristão:

Se Cristo é a minha vida, eu vou ter os mesmos sentimentos que ele tem (1: 3-6)

Eu vou tratar as pessoas da mesma maneira que Cristo as trata. Alegro-me com meus irmãos, orando por eles. Cristo pensou nos outros, quando morreu na cruz. Paulo pensou o mesmo, amando os irmãos. Amor sincero não é escolhido.

Se Cristo é a minha vida, eu vou ter os mesmos interesses de Cristo (1:12-18). 

As minhas ambições pessoais serão ligadas a Cristo, para a honra e glória de Deus. Ninguém ficava com Paulo, sem ouvir o evangelho.

Se Cristo é a minha vida, eu vou ter o mesmo Espírito de Cristo (1:19). 

Se eu desejo o mesmo Espírito de Jesus, devo ter os mesmos ideais, alvos e interesses dele.

Se Cristo é a minha vida, eu vou ter Cristo como a minha preocupação suprema (1:20). 

Podemos perder algumas coisas, até a própria vida, mas Cristo é tudo: a esperança e a certeza da vitória.

Se Cristo é a minha vida, eu vou ter Cristo como a parte mais querida da vida (1:21-26). 

Estar com Cristo é incomparavelmente melhor. Significa trabalhar por sua causa.

Se Cristo é a minha vida, eu vou ter uma conduta que combina com a vida de Cristo (1:27). 

Se Cristo é minha vida, não devo viver como o mundo. Se Cristo é a minha vida, lutaremos juntos, firmes em um só espírito. Muitos querem a Cristo como salvação, mas não querem responsabilidades.

Se Cristo é a minha vida, eu vou mudar a atitude dos outros para comigo (1:28-30). 

Cristo entrando em nossa vida, haverá mudanças, resultando em alegrias. Ao redor do seguidor de Cristo, haverá pessoas contra a nossa fé. A salvação em Cristo é um privilégio, algo que o mundo não compreende, e sofrer por Cristo é uma graça.

Assim, no capítulo 1 de Filipenses, notamos Cristo como a vida do cristão. E se você ainda não recebeu Jesus Cristo, é chegada a hora de confessá-lo como Senhor e Salvador de sua vida.

Quando as sábias e inquestionáveis lições de Jesus Cristo adentram a nossa mente e, enche os nossos corações, modificam toda a nossa estrutura íntima.

A presença de Cristo em nossa vida tem a força de nos fazer mais pacientes e tolerantes para enfrentarmos os desafios e as barreiras naturais que tentam impedir a concretização dos nossos ideais.

A presença de Cristo em nossa vida é capaz de ampliar a nossa visão, ao ponto de conseguirmos observar as dores e as aflições alheias e de nos motivar a procurar por recursos e mecanismos capazes de curá-las.

Estamos em Cristo, “somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou” (Romanos 8:37) e podemos nos alegrar em nosso Salvador, o qual torna todas as coisas possíveis!

Em Cristo somos amados, perdoados e temos a promessa de salvação. Em Cristo somos adotados, justificados, redimidos, reconciliados e escolhidos. Em Cristo somos vitoriosos, somos cheios de alegria e paz, e temos o verdadeiro sentido para a vida. 

Paz e bem a todos!!!

José João Ricardo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 11/07/2017

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita! (Mt 9, 37-38)

Nesta terça feira, 11/07/2017, iniciamos os trabalhos do dia, na capela interna da Casa de São Paulo, oferecendo em Alavanca orações e a partilha do Evangelho de Jesus Cristo do dia em Mt 9, 32-38, aos Cursilhos que ocorrerão no próximo fim de semana, no Brasil e no mundo. Também foram lembrados os aniversariantes da semana.

Na capela interna da Casa, Cecília dirigiu as orações e recordou que a liturgia do dia celebra a memória de São Bento de Núrcia, rezando a Oração da Medalha de São Bento.

Na partilha do Evangelho, feita por diversos irmãos e irmãs, a Palavra do Senhor nos mostra Jesus de coração aberto ao acolhimento das pessoas, principalmente aos necessitados.

Após as reflexões, cantamos parabéns pelo o aniversário natalício de Vilani e pelos 43 anos de matrimônio do casal Waldemir e Eunice, ela responsável pela comunicação do dia, irmãos residentes em Birigui.

Na sala de mensagens, Luís Henrique:

  • Agradeceu a todos pela participação na Festa Junina e apresentou resultado financeiro aproximado. Disse que os agradecimentos já foram feitos na semana passada, mas que reforçava o agradecimento.
  • Lembrou a reunião preparatória do Cursilho de Jovens, no dia 15/07 à tarde, na Casa São, da qual devem obrigatoriamente participar todos os convocados para o Cursilho.
  • Comunicou que no dia 17/07, às 20 horas, na paróquia Imaculado Coração de Maria, acontecerá a reunião preparatória dos jovens candidatos ao Cursilho, reunião da qual devem participar todos os convocados para trabalhar no Cursilho.
  • Alavancas: todos devemos intensificar os atos de oração em oferecimento ao bom êxito do Cursilho de Jovens.

Na sequência, Eunice fez a comunicação “São Paulo Apóstolo – o Missionário”.

90c73cf4-82d4-4b6d-b27f-08f59562797f

O apóstolo, apaixonado por Jesus, vive totalmente por Ele. Da alegria do encontro com Cristo, Paulo contagia e impulsiona a todos no seguimento de Cristo. Apresentou passagens da vida de Paulo, as contradições que se lhe apresentavam, as urgências de evangelização (Ai de mim se eu não evangelizar), o seu esforço missionário, os perigos sem conta pelos quais passou.

Foi do seu encontro pessoal com Cristo que ele passou a orientar várias comunidades, deixando as Cartas que fazem parte do Novo Testamento.

Para entender os ensinamentos de Paulo, temos de entender a Cruz de Cristo, ou seja, sua Morte e Ressurreição.

Ao final, apresentou um resumo das mensagens de cada uma das cartas cuja autoria é atribuída ao apóstolo Paulo.

Joaquim Benício Peruzzo
58º Cursilho da Diocese de Lins / Abril 1988

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 10/07/2017

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, 10/07/2017, a irmã em Cristo Alessandra, nos falou sobre “ABORTO“.

101_0431

Alessandra fala sobre “aborto“.

A vida humana é sagrada, inviolável. Procede, desde a origem, de um ato criador de Deus. A morte deliberada de um ser humano inocente é crime monstruoso.

Afinal, o que é um aborto?

Um aborto (ou interrupção da gravidez) é a remoção ou expulsão prematura de um embrião ou feto do útero, resultando na sua morte.

Tipos de aborto:

  • ESPONTÂNEO: ocorre quando uma gravidez que parecia estar a desenvolver-se normalmente termina de maneira involuntária, ou seja quando o feto não está em condições de sobreviver.
  • PROVOCADO: é todo aquele que tem como causador um agente externo, que pode ser um profissional ou um leigo que utiliza algumas técnicas.
  • CURETAGEM – Dilaceração do bebê por meios de instrumentos de corte.
  • SUCÇÃO – Aspira o bebê e a placenta.
  • QUÍMICO – Soluções concentradas que matam o bebê.
  • MEDICAMENTOSO – Medicamentos utilizados para induzir contrações uterinas e eliminar o bebê.

O Brasil é um dos países campeões em aborto (1 milhão por ano).

Calcula-se que 50 milhões de abortos, entre legais e clandestinos, sejam praticados em todo o mundo anualmente.

De acordo com o artigo 124 do Código Penal Brasileiro, o aborto é considerado um crime contra a vida. A pena prevista é de um a três anos caso o procedimento tenha sido provocado pela gestante ou com seu consentimento e de três a dez anos caso seja induzido por terceiros sem o consentimento da gestante.

O aborto só não é penalizado em três situações: em caso de estupro, risco de morte para a mãe ou se o feto for diagnosticado com anencefalia, uma doença causada pela má formação do cérebro do feto na gestação.

O que a Igreja diz sobre o aborto?

A Igreja Católica não é a favor do aborto porque o aborto é um atentado contra uma vida.

Uma vez que a vida é dom de Deus e um direito inviolável de todo ser humano, ninguém pode retirar a vida de seu semelhante, sem que isto seja considerado um grave erro, um grave pecado contra o Quinto Mandamento da Lei de Deus: Não matarás (Êxodo 20, 13).

Jovania

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Piacatu – 10/07/2017

Escola Vivencial MCC – Piacatu

No dia 10/07/17 recebemos na Escola Vivencial de Piacatu, a irmã em Cristo Márcia Bulgueroni acompanhada de seu esposo Luciano, suas filhas e seu pai José.

19905097_1298784646905827_6983868161344246012_n

Márcia fez a comunicação “A mudança começa em mim”, iniciando com a informação que existem diferentes tipos de personalidade e temos que nos perguntar:

Quem sou eu?

Eu aceito a minha personalidade?

É possível mudar o que me incomoda?

Mudar minha personalidade?

Podemos lapidar nossa personalidade através:

  • Do poder do Espirito Santo atuando em nós e contando com a graça de Deus.
  • Da meditação da Palavra
  • Da oração,
  • Do pensando positivo
  • E acreditando em si mesmo.

Se existe alguém que pode destruir minha vida, esse alguém, por primeiro, sou eu mesmo.

Se não quero mudar, se o meu coração está fechado, como Deus vai mudá-lo?

A samaritana aceitou quem ela era e ouvindo Jesus, ela quis mudar (Jo 4.-15).

Temos que estar com o coração aberto, pois quando mudamos transformando os outros, porque percebe a nossa mudança através das nossas atitudes.

DE COLORES!!!

Beth e Beto

Este slideshow necessita de JavaScript.

Convite 07a 09/08/2017 – 8º Encontro Nacional para Assessores Eclesiástico do MCC

8º Encontro Nacional – Assessores Eclesiástico do MCC

Bom dia povo de Deus!!!

Está chegando o 8º Encontro Nacional para Assessores Eclesiástico do MCC: 07 a 09 agosto 2017. 

Convidem todos os sacerdotes das dioceses de vocês!

Abaixo, segue um recado convite do Pe. Xiko!!!

Silvio Noriaki Yamaia
1º Secretário do GER Sul Botucatu

Escola Vivencial MCC – Coroados – 05/07/2017

Escola Vivencial MCC – Coroados

A paz de Jesus.

Nesta quarta-feira, 05/07/2017, nos reunimos na casa do Senhor para mais um encontro e abastecimento em Cristo.

IMG_2853

Ouvimos a comunicação:”O espelho e a janela“.

A forma como enxergamos a vida nos ensina a educar os filhos (e irmãos) dizendo não (e sim) na hora certa.

IMG_2855

Partilha do evangelho do dia

Muitas vezes a nossa realidade refletida no espelho representa o egoísmo, porém pela janela podemos ver o mundo com olhos de Deus.

A bondade desarma o mau, quando alguém a sua volta está nervoso e alguém responde com amor e calma.

Deste modo o reflexo na janela (com os olhos de Deus), faz do agente uma outra imagem, a vista do que é solidariedade e compreensão.

Quando no espelho enxergamos o egoísmo, temos uma realidade cheia de dificuldades, as quais passamos (mas na maioria das vezes não compartilhamos).

Já a janela nos dá a oportunidade de sermos voluntariosos em ajudar o próximo porque vemos o mundo com a graça e beleza que Deus nos proporciona.

Por fim finalizamos com leitura do evangelho.

Eliana Marques

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 04/07/2017

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça-feira, 04.07.2017, iniciamos com a leitura dos cursilhos que serão realizados no Brasil e no mundo, neste final de semana, pedindo orações em alavancas, para o bom êxito de todos eles, invocação do Espírito Santo, leitura e comentário do evangelho do dia (Mt 8,23-17).

Na sequência, a estudante de medicina Raquel, que é fruto do 12° Cursilho para Jovens, da Diocese de Araçatuba, falou-nos sobre o importante tema: Prevenção e Controle do Câncer de Mama e de Próstata.

IMG_20170704_195151350

Renata, fruto do 12º Cursilho para Jovens  

CÂNCER DE PRÓSTATA:

Introdução:

  • A próstata é uma glândula que só o homem possui e localiza-se na parte baixa do abdômen. Ela é bastante pequena, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto.
  • No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Acomete homens entre 60-70 anos.

Prevenção:

  • Dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integral, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco de câncer, como também de outras doenças crônicas não-transmissíveis.
  • No mínimo de 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado, diminuir o consumo de álcool e não fumar, também previne o câncer de próstata.
  • A idade é um fator de risco importante para o câncer de próstata, a incidência como a mortalidade, aumenta significativamente após os 50 anos.
  • No caso de pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos, pode aumentar o risco de se ter a doença de 3 a 10 vezes, comparado à população em geral.

Sintomas:

  • Em sua fase inicial à evolução silenciosa.
  • Quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata: dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.
  • Fase avançada à dor óssea, sintomas urinários e, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Rastreamento:

  • O que é rastrear?
  • Rastreamento é a realização de testes ou exames diagnósticos em populações ou pessoas assintomáticas, com a finalidade de diagnóstico precoce.
  • Como rastrear o câncer de próstata? 
  • Toque retal e dosagem de PSA.

CÂNCER DE MAMA:

Introdução:

  • Câncer mais comum em mulheres no mundo e no Brasil.
  • Importante lembrar que: o câncer de mama também acomete homens, é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.
  • O câncer de mama é raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente.
  • Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Prevenção:

  • A alimentação, nutrição e atividade física reduzem em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama.
  • Controlar o peso corporal e evitar a obesidade, por meio da alimentação saudável e da prática regular de exercícios físicos e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, são recomendações básicas para se prevenir o câncer de mama.
  • A terapia de reposição hormonal (TRH), quando estritamente indicada, deve ser feita com rigoroso controle médico e pelo mínimo de tempo necessário.
  • A amamentação também é considerada um fator protetor.
  • Ambas as enfermidades ainda não podem ser prevenidas, mas as ações preventivas e a realização de exames específicos permitem que elas sejam diagnosticadas precocemente, aumentando a possibilidade de cura e com menor grau de sofrimento.

VERSÍCULO DO AMOR PRÓPRIO

O amor de Deus por cada um de nós é imensurável. Ele nos conhece como ninguém e tem grandes planos para as nossas vidas. Sabendo isso, devemos nos amar e cuidar de nós próprios da melhor maneira possível.

A vida é uma dádiva, um dom de Deus para nós. Devemos ser gratos por isso todos os dias e ter cuidados na área da saúde, higiene e bem-estar. No entanto, o nosso maior cuidado deve ser em relação ao nosso coração e caráter, porque Deus vê e sonda o nosso coração e pensamentos.

O amor próprio não é uma desculpa para você se achar melhor do que os outros. Nós somos chamados a amar o nosso próximo como a nós mesmos.

Paz e bem a todos!

José João Ricardo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 04/07/2017

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

‘Por que tendes tanto medo, homens fracos na fé?’ (Mt 8, 26)

Nesta terça feira, 04/07/2017, iniciamos os trabalhos do dia, na capela interna da Casa de São Paulo, oferecendo em Alavanca orações e a partilha do Evangelho de Jesus Cristo do dia em Mt 8, 23-27, aos Cursilhos que ocorrerão no próximo fim de semana, no Brasil e no mundo. Também foram lembrados os aniversariantes da semana.

Na partilha do Evangelho, feita por diversos irmãos e irmãs, a Palavra do Senhor nos motivou a confiar em Jesus, a ficarmos tranquilos diante das dificuldades e desafios da vida. Alguns dos que estavam na barca eram pescadores e tinham a prática de remarem no mar, mas ficaram apavorados com a tempestade e se esqueceram de que Jesus estava na barca com eles.

Jesus lhes chama a atenção:

“por que vocês tem tanto medo, homens fracos na fé”?

Na vida diária, somos fracos na fé, temos medo e nos esquecemos de Jesus. É preciso a superação do medo, entregar nossa vida a Jesus e aderirmos a Ele. O seguimento de Jesus não deve ocorrer apenas nos bons momentos, mas em todas as situações da nossa vida.

fe8304c8-aa66-4472-8636-6ca0239e8146

Na sala de mensagens, Rodrigo:

  • Agradeceu a todos pela participação massiva na Festa Junina e apresentou resultado financeiro aproximado, considerado satisfatório.
  • Lembrou a reunião com o GED, no dia 15/07, onde será tratado sobre a Escola Vivencial, sua avaliação e propostas para o calendário do segundo semestre.
  • Comunicou que no dia 10/07 haverá reunião do Setor Diocesano do MCC de Araçatuba.
  • A próxima comunicação da Escola Vivencial será no dia 11, com a mensageira Eunice de Birigui. A mensagem será “São Paulo Apóstolo e Missioná rio”.

Na sequência, Luiz Henrique falou sobre o Agir do Cursilhista, no Quarto Dia, quando nossa vivência assume primordialmente o compromisso do Reino de Deus.

bd5224cc-441a-4629-87d4-251716219131

É nos ambientes que devemos dar testemunho de vida, com valores e atitudes cristãs. A ação do cristão é intransferível, a sua ação será evangelizadora.

Jesus nos dá seu ensinamento (Mt 5, 13-16):

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus”.

Joaquim Benício Peruzzo
58º Cursilho da Diocese de Lins / Abril 1988

Este slideshow necessita de JavaScript.

18º Arraiá de São Pedro – Fazenda Cristo Redentor

Escola Vivencial MCC – Araçatuba 

Mais que uma festa … uma missão!

18º Arraiá de São Pedro – Fazenda Cristo Redentor

DSC_1834

Rodrigo anfitrião da festa, preparada com muito carinho pela sua e as famílias dos cursilhistas, dos jogadores do Cristo Redentor Futebol Clube, em prol do Movimento de Cursilhos de Cristandade do setor de Araçatuba e Albergue Noturno.     


DSC_1662

Presença de Pe Sineval da paróquia São João Batista e São Judas Tadeu


DSC_1764

Padre Orivaldo mais uma vez acompanhando os trabalhos de perto


Este slideshow necessita de JavaScript.

Nota de Falecimento – Maria de Fátima Nogueira Gomes – 29/06/2017

nota de falecimento

É com profundo pesar que informamos a todos os irmãos em Cristo que hoje, 29/06/2017, na cidade de Araçatuba faleceu a cursilhista Maria de Fátima Nogueira Gomes, esposa do também cursilhista Celso (responsável pelos serviços na rede elétrica da casa de São Paulo).

fátima

O corpo será velado no memorial Laluce na cidade de Araçatuba e o sepultamento previsto para as 15:00h.

Para nós cristãos, a morte não é o fim em si mesma, mas o começo de uma nova vida junto do Pai que nos criou por Amor.

Nossos sentimentos à família.

Equipe do blog …. e de todas as pessoas que na Casa de são Paulo tiveram seu encontro em Cristo ressuscitado.

Escola Vivencial MCC – Coroados – 28/06/2017

Escola Vivencial MCC – Coroados

Nesta quarta-feira, 26/06/2017, refletimos sobre a mensagem “Fama e dinheiro: o novo Olympos do pregador midiático“.

IMG_2564

No mundo de hoje poucos são os que realmente tem na pregação a evangelização por amor a Jesus. Existem pregadores, que se dizem servos de Deus, mas que não apresentam a mensagem do evangelho, ou seja, aparecem mais e são mais artistas do que evangelizadores.

Na atualidade, a mídia transforma como em um passe de mágica um simples pregador num ídolo.

Seria interessante se este mesmo pregador transformado em ídolo se utilizasse dessa oportunidade para mostrar ao mundo quem de fato interessa a todos e o porque dele estar ali, ou seja, para honrar e dar glória ao único que merece, que nos deu a vida e morreu por nós .

Muitas vezes a fama e dinheiro fala mais alto do que o ato de evangelizar.

No evangelho de do dia, Jesus nos mostra que ao exortar os discípulos no sentido de alerta-los quanto à cautela que eles deveriam ter na caminhada missionária.

Por conhecer o coração humano Jesus sabia que nem todos estavam abertos para acolher o anúncio do Reino. Hoje, ainda, muitas vezes, acontece de não acolhermos a Palavra mas apenas admirar o ídolo que nos prega.

É preciso acordar, abrir os olhos para entender e acolher o evangelho e já viver o Reino de Deus .

Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo pra sempre seja louvado.

Eliana Marques

Este slideshow necessita de JavaScript.