Cursilho 44 para Mulheres – diocese de Araçatuba

44º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

25 a 27 de Maio de 2018

CURSILHISTAS CIDADE
Ana Belinello Morales Araçatuba
Aureni Pinheiro de Araujo Araçatuba
Cintia Cristina Ramos de Morais Araçatuba
Franscila Calderaro Zaparoli Araçatuba
Ivonete Lucas de Oliveira Costa Araçatuba
Kassia Araujo Mendes Araçatuba
Kellen Zambon Araçatuba
Maria Ivonete Lopes Araçatuba
Mariza Aparecida Mesquita de Melo Araçatuba
Nadia Mendes Lledo Araçatuba
Regina Bressan de Melo Bruno Araçatuba
Márcia Regina Chagas do Patrocínio Bento de Abreu
Maria do Carmo Ferreira Rodrigues Bento de Abreu
Maria Sueli de Sousa Candido Bento de Abreu
Marly Aparecida de Souza Bento de Abreu
Ellen Cassia Bizarri Garcia Bilac
Maria Alexandrina Silva Bilac
Alzira Paes Birigui
Ednéia Rodrigues de Oliveira Sabotto Birigui
Marlene Aparecida N. Simões Birigui
Sandra Ferreira Boldan Deffendi Birigui
Tamires Ferraz Bruno Birigui
Vera Lúcia Cavalari Chora Birigui
Kelly Cristina da Silva Eterovich Castilho
Mashae Kawamata Notario Castilho
Célia Donadoni Gabriel Monteiro
Fabiana Shiroko Siniji Gabriel Monteiro
Juliana Cristina Henrique Guapiaçu
Carla Patrícia Silva Sentoma Guaraçaí
Cristiane da Silva Dias Machado Guaraçaí
Eliana Terezinha Chinelatto Guaraçaí
Maria Aparecida Zanotti Guaraçaí
Carolina Coutinho Ferreira Guararapes
Luzia Aparecida Solis Guararapes
Caroline Lacerda Gomes da Silva Piacatu
Flávia Ribeiro de Oliveira Piacatu
Janaina Aparecida Jacinto Piacatu
Verônica  Fernandes Pereira Sto Antonio do Aracanguá
Ivete Pereira da Silva Valparaíso
Josefina de Oliveira Almeida Cunha Valparaíso
Luciana Cristina Ferreira Valparaíso
Ticiane de Souza Martinez Valparaíso

OMCC x logo
Clique sobre a imagem para ampliar a foto
EQUIPE DE RESPONSÁVEIS CIDADE
Padre Agnaldo Israel Ferreira – Diretor Espiritual Lavínia
Silvia Helena de Araújo Sakamoto – coordenadora Araçatuba
Cecília Rigamonti Araçatuba
Vera Lúcia Teixeira Martinez Araçatuba
Carine Cancian Valente Soares Birigui
Claudinéia Borela Fortin Birigui
Fabiana Aparecida Panassi Lourenço Correia Birigui
Marlene Beraldo A. Fachiano Birigui
Zilma Fernandes Araújo Birigui
Edna de Fátima Antunes de Oliveira Castilho
Vivian Cristina da Silva Castilho
Ana Paula Navacchio Bernabé Gabriel Monteiro
Daiane Pestana Garcez Gabriel Monteiro
Joana de Fátima Alves Garcia Gabriel Monteiro
Jovania Bassi da Silva Gabriel Monteiro
Bruna de Lima Silva Guararapes
Patrícia Pataro Barbosa Tesin Guararapes
Roseli Maldonado Carretero Guararapes
Adriana dos Santos Garcez Gomes Piacatu
Elizabeth de Lima Lacerda Gomes Piacatu
Maria Aparecida de Oliveira Aguiar Valparaíso
OMCC x logo
Clique sobre a imagem para ampliar a foto
EQUIPE DE COZINHA CIDADE
Neide Lopes Ramos – Coordenadora Araçatuba
Benedita Reberte de Carvalho Araçatuba
Cibele Caselato Machado Buriola Araçatuba
Neide Alves de Oliveira Araçatuba
Gumercinda Alexandre Basseto Birigui
Regina Maria Romanini de Oliveira Birigui
Roseli da Silva Maróstica Birigui
Adriana Possidonia da Silva Castilho
Rosana de Souza Bento Castilho
Marilza Menani Lopes Gabriel Monteiro
Gislaine Matias Dantas Miranda Guararapes
Alzira da Costa Barbosa Piacatu
Geovandra Borim de Paula Piacatu
Mônica de Oliveira Silva Piacatu
Maria Eunice Magdo Rego da Silva Valparaíso

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 28/05/2018

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, 28/05/2018, recebemos na Escola Vivencial de Gabriel Monteiro, João Mauro (coordenador do GED), sua esposa Claudia e Adriano Valente (coordenador do setor de Birigui). Neste dia Claudia nos falou sobre: “O MATRIMÔNIO: UM JURAMENTO NÃO IMPROVISADO“.

20180528_213037

Sabemos que o Sacramento do Matrimônio esta intimamente ligado na decisão dos noivos, pois são eles que selam a indissolubilidade, proclamando o seu SIM, diante de Deus e da Igreja.

Ao ministro cabe ser a principal testemunha, abençoar e oficializar de modo ritual o que a consciência e o coração dos noivos confirmarem.

Com isso podemos afirmar que o SIM do homem à mulher e o SIM da mulher ao homem, é resultado de um caminho percorrido no conhecimento e no discernimento, feito com maturidade, sem atropelos e nem improvisações.

O casamento tem que ser algo pensado, planejado, assumido pela nossa livre vontade e por amor, um sim dado um ao outro no mais profundo do nosso coração, da nossa consciência e da nossa liberdade.

Em Efésios 5,25-33 diz:

“Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e para apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu próprio corpo. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo. Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo. “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne.” Este é um mistério profundo; refiro-me, porém, a Cristo e à igreja. Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito.”

“Quanto mais próximo um casal estiver de Deus, mais próximo estarão um do outro”.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 27/05/2018

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

101_2066

Noite de 27/05/2018, depois do encerramento 44º Cursilho para Mulheres, a recepção das neo-cursilhistas, com a presença do Padre Robson, sempre muito atencioso com o MCC.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 22/05/2018

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça feira, 22.05.2018, recebemos com alegria os cursilhistas Joaquim, sua esposa Aurora, senhor Nelson e Jorge, todos da querida cidade de Araçatuba.

422

Iniciamos o encontro com a oração do Espírito Santo e leitura dos cursilhos que serão realizados no Brasil e no mundo, neste final de semana, pedindo orações em alavancas, para que as suas propostas evangelizadoras sejam coroadas de êxitos, especialmente o 44° de cursilho para mulheres da diocese de Araçatuba.

Partilhamos o evangelho de Jesus Cristo em Mc 9,30-37.

Na sequencia, o Joaquim falou-nos sobre o tema: Como Preparar Uma Mensagem.

Com o conhecimento adquiridos em 30 anos com a participação efetiva nos trabalhos à frente do MCC, o mensageiro explicou passo a passo e detalhadamente, como preparar e proferir uma mensagem no retiro (2 ou 3 dias) do Cursilho.

Enfatizou a importância da não utilização de mensagens prontas, pois poderá acarretar insegurança, ou seja, falar de algo que não é do conhecimento pessoal, colocando em dúvida todo um trabalho, mesmo tendo sido elaborado com boa vontade e dedicação.

Uma boa mensagem se constrói relatando vivencias próprias, como o entendimento, a forma de pensar e, principalmente, o testemunho de vida.

Também faz parte do esquema da mensagem a citação de passagens bíblicas relacionadas ao tema escolhido, pois seu conteúdo se torna mais enriquecedor e com maior credibilidade na doutrina da Igreja e seguimento de Jesus Cristo.

Ainda, proposto uma dinâmica aos presentes que, divididos em quatro grupos, cada um simulou a elaboração de trecho da mensagem: Maria Mãe e Modelo da Igreja.

Esse trabalho na escola vivencial é essencial e muito importante na formação de novos mensageiros, para levar adiante os trabalhos evangelizadores do Movimento de Cursilho e Cristandade.

Deus abençoe a todos!

Saudações De Colores!

José João Ricardo
31° cursilho para homens da Diocese de Araçatuba – abril/2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 22/05/2018

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

Em seguida, pegou uma criança, colocou-a no meio deles, e abraçando-a disse: “Quem acolher em meu nome uma destas crianças, é a mim que estará acolhendo”. (Mc 9, 36-37)

Nesta terça feira, 22/05/2018, iniciamos os trabalhos do dia, na capela interna da Casa de São Paulo, com a oração do Terço dedicado em alavanca aos cursilhos que se realizam nesta semana, no Brasil e no mundo, em especial ao 44º Cursilho de Mulheres de nossa Diocese.

Também foram lembrados os aniversariantes da semana, entre eles o Rodrigo de Atayde, aniversariante do dia e presente na Escola Vivencial.

Na sala de mensagens, Luís Henrique deu os seguintes avisos:

  • 25/05 – 19 horas – Entrada do cursilho;
  • 27/05 – 19 horas – Encerramento do cursilho;
  • Entrega de Alavancas individuais;
  • Realização da Festa Junina, no dia 30.06, na Fazenda Cristo Rei em Engenheiro Taveira;
  • Carnês de Manutenção da Casa de São Paulo;

Na sequência, Jair Francisco dos Santos fez a comunicação sobre a “Pastoral da Criança“.

WhatsApp Image 2018-05-22 at 20.55.28

O comunicador, apresentou-se como pertencente à Paróquia São Francisco e Santa Clara, de Araçatuba, há trinta anos. É membro da Pastoral da Criança desde o ano de 2000 e exerce a função de coordenador da área de Araçatuba.

Deu uma visão história da Pastoral, falando da Dra. Zilda Arns, sua fundadora, em 1982.

A missão apresentada por ela a seu irmão, Dom Paulo Evaristo Arns, foi a de salvar a vida de muitas crianças que morriam de doenças que poderiam ser facilmente prevenidas.

Diretora por treze anos de Postos de Saúde e Clube de Mães em Curitiba, ela sentia a falta de um trabalho de educação nas comunidades, junto às famílias, especialmente as mães.

A Pastoral não tem caráter assistencialista; ela investe em informação às famílias para cuidar da saúde e do bem-estar das crianças. Na Pastoral da Criança existem três momentos especiais que são:

  1. As visitas domiciliares – verificar como vivem as crianças em seu lar;
  2. A celebração da vida – antigamente chamada dia do peso, hoje como celebração da vida, que é o acompanhamento do desenvolvimento da criança, no aspecto físico, por meio da pesagem e medida da criança;
  3. Reunião de Reflexão e Avaliação – avalia o trabalho que realizam e encaminham relatório para a sede da Pastoral em Curitiba.

Quando foi criada a Pastoral, a ideia era vencer a mortalidade infantil de crianças desnutridas, mediante a ingestão do alimento (farinha), hoje denominada Multi Mistura. Atualmente a ideia é a ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, com acompanhamento de médicos e nutricionistas.

O Acompanhamento Nutricional – AN acontece por 1000 dias, sendo 270 dias durante os nove meses de gravidez da mãe, mais 365 dias do primeiro ano e 365 dias do segundo ano.

A Pastoral da Criança tem parceria com a OMS – Organização Mundial de Saúde e com o Governo Federal. Estas instituições reconhecem que a Pastoral é sua maior colaboradora nas estatísticas de controle da mortalidade infantil.

A Pastoral, a pedido do Governo Federal, desenvolveu um aplicativo de “Visita Domiciliar” já em funcionamento.

Qualquer pessoa pode ser voluntária da Pastoral, independentemente de idade, desde que saiba ler e escrever. Para ser líder é necessário fazer uma capacitação em torno de 42 horas.

Há, ainda, o Apoio da Pastoral que ajuda no dia da celebração da vida.

Também, existem os amigos da Pastoral, que são as pessoas que ajudam com doações de bolos, brinquedos, etc.

O comunicador fez demonstração de todo o material que era utilizado para pesagem das crianças, explicando que atualmente existem balanças digitais, com selo de precisão, padrão in metro.

A Pastoral da Criança surgiu da necessidade de reduzir ao máximo a mortalidade infantil no país e evoluiu para uma ação voltada à orientação de uma alimentação saudável às crianças, desde o seu nascimento, inclusive no controle da obesidade infantil.

Aparecida Ribeiro da Silva
32º Cursilho de Mulheres da Diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Birigui – 21/05/2018

Escola Vivencial MCC – Birigui

Mensagem: Maio, o mês escolhido para Maria.

Nesta segunda-feira, 21/05/2018, recebemos em nossa escola vivencial, a irmã cursilhista Fátima que nos apresentou a história de Maria, desde sua infância até sua santidade.

WhatsApp Image 2018-05-21 at 21.04.24

Menina de coração puro, símbolo de bondade para os cristãos, mulher forte e cheia de fé!

Seu SIM é exemplo para todos nós:

“eis aqui a serva do Senhor “

Maria, mãe de todos, intercede por todos nós, filhos teus!

Carine Valente
4° cursilho para Jovens da Diocese de Araçatuba – abril/2002

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 21/05/2018

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, 21/05/2018, o casal Carlos (mais conhecido como Cacá) e Ana Paula, nos falaram sobre: “ALAVANCA“.

20180521_201843

No Movimento de Cursilhos de Cristandade encontramos a Alavanca como a união de esforços entre aqueles que se dispõem a realizar uma atividade de coração (que exija um esforço pessoal ou coletivo) em prol do próximo (que muitas vezes) sequer conhecemos.

Não se trata de uma assistência social, mas uma entrega em oração (ou pequenos sacrifícios), para que Nosso Senhor ouça o nosso pedido e o atenda na medida do que for possível e necessário.

Através de Alavancas pedimos que a Graça de Deus atue nas pessoas, para que toda atividade humana que se desenvolve no MCC (em especial no retiro 3 ou 2 dias) tenha sempre a presença do Espírito Santo.

As orações com um profundo sentido eclesial tornam realidade o mistério da comunhão dos santos no corpo místico de Cristo.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nota de Falecimento – Antônio Morari Filho – 20/05/2018

nota de falecimento

É com profundo pesar que informamos a todos os irmãos em Cristo que hoje, 20/05/2018, da cidade de Araçatuba faleceu o cursilhista Antônio Morari Filho, mensageiro e assíduo frequentador da Casa de São Paulo

morariO corpo velado no Velório Memorial Laluce a partir das 12:00h e o sepultamento será amanhã as 10:00h.

Para nós cristãos, a morte não é o fim em si mesma, mas o começo de uma nova vida junto do Pai que nos criou por Amor.

Nossos sentimentos à família.

Equipe do blog …. e de todas as pessoas que na Casa de são Paulo tiveram seu encontro em Cristo ressuscitado.

Alavanca – Cursilho 44 para Mulheres

Grupo Executivo Diocesano

Movimento de Cursilhos de Cristandade

Diocese de Araçatuba

Irmãos e irmãs cursilhistas

Os trabalhos do 44º Cursilho para Mulheres da Diocese de Araçatuba iniciaram-se, no último sábado (19/05), com a reunião preparatória das responsáveis que aconteceu na Casa de São Paulo, na cidade de Araçatuba.

A partir daquele instante, o blog se juntou às mulheres de Cristo e agora, também vem convidar você que mantem incandescente o coração aceso pela chama do Amor de Jesus, a fazer o mesmo, permanecendo neste período em oração à São Paulo Apóstolo e Nossa Senhora das Graças, rogando a intercessão junto a Nosso Senhor, para fortalecer o humilde trabalho das responsáveis deste Cursilho, para que concluam suas tarefas de forma plena e em especial, permitindo que o dom da proclamação da Palavra se revele pelas mensageiras orientando as neo-cursilhistas para o SIM do convite de CRISTO RESSUSCITADO que já bateu à porta do coração de cada uma delas, por intermédio de seus padrinhos e madrinhas.

Assim, una-se ao pessoal do blog e juntos oremos, rogando à Nossa Senhora Aparecida, nestes dias, com a Oração de Invocação ao Espirito Santo. E que Mãe Maria interceda ao Pai pelo bom exito deste Cursilho para mulheres.

pentecostes

Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso Amor.
Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
Oremos:
Ó Deus que instruíste os corações dos vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos da sua consolação.
Por Cristo Senhor Nosso.
Amém

Que cada novo acesso, una o visitante, mais e mais, ao pessoal que acompanha o Blog on-line e assim, permaneçamos juntos em oração, nestes dias que antecedem o inicio (25/05, sexta-feira, às 19:00 h) desta grande experiência Vivencial Cristã, permanecendo em Alavanca até o momento de seu encerramento (27/05, domingo, às 19:00 h).

Por gentileza, deixe seu nome, cidade e cursilho junto aos comentários como intenção nesta alavanca, para que possa ser apresentado às mulheres renovadas pelo Amor de Cristo que sairão deste 44º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba.

Jorge Tadeu Abrahão
Responsável Blog MCC da Diocese de Araçatuba

Escola Vivencial MCC – Coroados – 16/05/2018

Escola Vivencial MCC – Coroados

Paz e Graça, irmãos em Cristo.

IMG_1592

Nesta quarta-feira (16/05/2018), nossa reunião aconteceu com a participação na novena  litúrgica de Pentecoste, onde a comunidade unida se prepara espiritualmente com o desejo ardente de receber a pessoa do Espírito Santo.

Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo.. para sempre seja louvado.

Eliana Marques
37º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 15/05/2018

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça-feira, 15.05.2018, como de costume, iniciamos nosso encontro com a oração do Espírito Santo, leitura e breve comentário do evangelho do dia (Jo 17,1-11).

Na sequência, a Marlene, membro atuante da comunidade católica de nossa cidade e Ministra Extraordinária da Eucaristia, falou-nos sobre o tema: “Caminhando com Maria”.

WhatsApp Image 2018-05-16 at 13.34.03

O SIM de Maria, mudou o história da humanidade, pois através desse gesto de coragem e a ação do Espírito Santo ela deu à luz ao Salvador, Nosso Senhor Jesus Cristo, conforme ensinamento do evangelho de Jesus segundo São Lucas, capítulo 1, versículos de 26 a 38.

Caminhar com Maria é seguir os passos de Jesus, mesmo diante das dificuldades e dos obstáculos da vida. Ela é a seta que indica e leva a Jesus.

Uma das atitudes para caminharmos com Maria é fazer a vontade de Deus, pois, agindo dessa forma, ela estará sempre junto de nós, dirigindo nossos passos rumo a uma vida de santidade.

Perfil Mariano da Igreja – Doc. 105 da CNBB.

Para compreendermos em toda sua grandeza e dignidade a natureza e missão dos cristãos leigos e leigas, podemos dirigir o nosso olhar para Maria. Nela encontramos a máxima realização da existência cristã. Por sua fé e obediência a vontade de Deus e por sua constante meditação prática da palavra, ela é a discípula mais perfeita do Senhor. Mulher livre, forte e discípula de Jesus. Maria foi o verdadeiro sujeito na comunidade Cristã.

Perseverando junto aos apóstolos à espera do Espírito Santo, Maria cooperou com o nascimento da igreja missionária, imprimindo-lhe um selo mariano e maternal, que identifica profundamente a igreja de Cristo. Este perfil mariano é, para a igreja, tão fundamental e característico – senão muito mais – que o perfil apostólico petrino, ao qual está intimamente ligado.

A dimensão mariana da igreja procede, nesse sentido, a dimensão petrina ainda que lhe seja intimamente unida e complementar. Maria procede a Pedro e os apóstolos. Ela é santa e rainha dos apóstolos, que são pecadores. Maria é figura da igreja. Ela procede todos os caminhos rumo à santidade. Na sua pessoa a igreja já atingiu a perfeição.

Paz e bem a todos!

Saudações De Colores! 

José João Ricardo
31° cursilho para homens da Diocese de Araçatuba – abril/2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 15/05/2018

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

MARIA SANTÍSSIMA

Nesta terça-feira, 15/05/2018, iniciamos os trabalhos na capela interna da Casa de São Paulo, oferecendo em alavanca as orações, a partilha do evangelho do dia em Jo 17,1-11a e os trabalhos da sala de mensagens, aos cursilhos que se realizarão nesta semana, no Brasil e no mundo. Cecília lembrou dos aniversariantes e dos doentes. 

DSC02841

Welington na sala de mensagens informou:

  • 21/05 às 20:00h – Reunião preparatória das candidatas ao 44º Cursilho para Mulheres será na paróquia Imaculado Coração de Maria.
  • 25/05 às 19:00h – Entrada cursilho.
  • 29 e 30/06 – Festa Junina na fazenda Cristo Redentor.

Para comunicação do dia, Fátima Vilella (acompanhada do esposo Bermival), neste mês mariano, com o tema: Maria Santíssima.

Fátima, logo questionou:

Quem é Maria Santíssima?

E, alguns dos presentes disseram quem a consideravam: Mãe de Deus e nossa mãe.

DSC02846

A comunicadora, também, lembrou que:

Maria é quem nos conduz ao PAI e a Salvação.

Que por meio de Maria, Deus quis que JESUS viesse a nós e Deus quis precisar de Maria.

Pela obra do ESPÍRITO SANTO fecundaste o seio virginal de Maria e a escolheste para ser a MÃE de JESUS, nosso SALVADOR.

É por Maria que devemos ir a JESUS, porque JESUS veio a nós por Maria.

E Maria é mãe de DEUS. Jesus é DEUS. E Maria é mãe de JESUS.                

Da mesma forma que chamaste Maria para uma missão tão importante DEUS nos chama para cumprir o seu desígnios, a gestar o seu filho em nosso coração. 

Em Lc 1,43 Isabel lhe disse:

“A que devo a honra de receber a mãe do meu SENHOR?”

Os Santos a chamam de ONIPOTÊNCIA SUPLICANTE, isto é, que pode tudo com súplicas a seu Filho.

IMACULADA isto é Maria, que foi concebida no seio de sua MÃE SANTA ANA, sem pecado original que todos os homens herdam dos pais. Maria foi preservada do pecado original , pelo sacrifício de JESUS  na CRUZ DEUS  antecipou  para ELA a REDENÇÃO.

Para DEUS o tempo não é obstáculo. ESTE DOGMA foi proclamado pelo Papa PIO IX em 1854, SOLENEMENTE e confirmado pela própria VIRGEM DE LOURDES quatro anos depois, quando disse  a menina BERNADETE:

“Eu sou a Imaculada Conceição.”

O papa disse que Maria foi livre do PECADO para que JESUS também fosse, isto é, livre das cadeias do Pecado da morte de Satanás, para poder vencê-la e libertar a humanidade escrava.

Maria sempre VIRGEM, isto é  CONSAGRADA INTEIRAMENTE A DEUS.

Mas DEUS precisou dela para ser a MÃE do seu filho. Como para DEUS tudo é possível,  DEUS preservou VIRGEM PERPETUAMENTE.

A Igreja ensina que MARIA é VIRGEM DO PARTO. E uma glória que DEUS quis lhe dar. É um DOGMA de FÉ.

Maria foi a eleita PREDILETA do PAI entre  todas as mulheres de todos os tempos e lugares, ISABEL  cheia do ESPÍRITO SANTO disse em Lc 1, 42:

“Bendita és tu entre as mulheres”.

Foi a sua profunda humildade a razão de escolha por DEUS. Ela mesmo nos ensina isto no MAGNIFICAT. Ele olhou para humildade de sua serva (Lc 1,48)  QUEM HUMILHA  SERÁ EXALTADO disse JESUS. NINGUÉM se humilhou tanto como Maria, por isso  ninguém foi tão exaltada como ela. Ela mesma diz

“todas as gerações me proclamarão bem aventurada sendo Mãe de Deus, o Rei, ela foi humilde simples, silenciosa, sofredora…

Maria só apareceu nas horas difíceis: em Caná na Galileia, no calvário, na fuga para o Egito, no serviço a Isabel. 

Os humildes são ocultos. Ela é cheia de Graça (Lc 1,30 e 28).

Maria é a Esposa do Espírito Santo.

Ela concebeu Jesus pelo poder do Espírito Santo (Lc 35). Ele é o seu esposo. Onde está Maria está o Espírito Santo. Foi Ele que o trouxe em Pentecostes (Ata).

  • Deus quis ter mãe, escolheu Maria.
  • Deus quis ter uma filha especial, imaculada, escolheu Maria.

Que glória a de Maria, Jesus foi submisso a Maria e José, o criador se fez sujeito a sua criatura (Lc 2, 51). Ele lhes era submisso.

Também no céu, Maria continua mãe de Jesus, a quem Ele tem alegria de obedecer. São José, depois de Maria é o Santo de maior glória e poder junto a Deus, por ter sido o eleito para pai adotivo (legal) de Jesus.

Maria vitória de Deus contra o mal, temos em Gen 3,15, ela esmaga a cabeça da serpente infernal, é preciso estar protegida pelo seu manto virginal.

Hoje, Ela quem está arregimentando o exército de filhos fiéis para dar combate aos pecados do mundo: drogas vícios, prostituição, homossexualismo, violência, ódio, assassinato, corrupção e etc.

É preciso rezar o terço (rosário) todos os dias para ter a força de Maria, pois rezando contemplamos  a vida de Jesus em cada saudação do anjo Gabriel à Isabel e pedimos que ela rogue por nós.

  • Maria é medianeira de todas as graças.
  • Maria é o canal de todas as graças.

Jesus é a maior Graça de Salvação, e veio por Maria.

Ela é a avenida ampla e perfumada que Deus abriu para chegarmos a Ele. Não queira usar outro caminho (João 2), a passagem de as bodas de Caná nos mostra o poder intercessor de Maria. Pede a mãe que o filho recebe.

Maria é nossa mãe, Jesus nos deu como mãe na cruz, na hora de sua morte, isto é muito significativo. Ela oferecia Jesus na cruz ao Pai, por nós, ao mesmo tempo Jesus a fazia nossa mãe de verdade. Não só de palavra (Jo 10,25 27).

Maria é nossa mãe Espiritual. Ela que forma e modela a nossa alma para Deus. Ela nos leva ao caminho da santidade de modo rápido, fácil, seguro e curto. Ela adocica o remédio amargo que o filho precisa beber.

Levemos Maria para casa (no coração) como São João o fez. Ela o guiará, sustentará na fé, protegerá nos perigos e ensinará a viver na lei de Deus.

Maria foi assunta aos céus em 15 de agosto. Levada ao céu de corpo e alma, só ela e Jesus estão com seus corpos no céu. Os santos só estão com as almas. Os corpos só ressuscitarão no Juízo Final.

Maria já ressuscitou, está gloriosa de corpo e alma diante de Deus e intercede por cada um de seus filhos com poder. Ela prepara para nós um lugar no céu. Nós somos a doação do céu (Fel 3,20), disse São Paulo. Maria nos espera lá.

Maria rainha do universo, veja (Apoc 12,1) é o universo glorificando a sua rainha. O sol, a lua e as estrelas eram tudo o que os antigos conheciam do universo.

A mãe do rei é a rainha. Festa celebrada pela Igreja em 22 de agosto. Todo o poder foi dado a Maria abaixo de Deus, no céu, na terra e nos infernos, todos foram submissos, anjos, homens, demônios.

Sem fé é impossível agradar a Deus (Primeira Carta de São Pedro).

Nos nossos momentos de aflição o Papa nos ensina a dizer:

“Mostra-te mãe, confiemos aquela que acompanhou Jesus até o calvário, também nos acompanhará por todos os caminhos”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Piacatu – 14/05/2018

Escola Vivencial MCC – Piacatu

Nesta segunda-feira, 14/05/2018, tivemos a presença na Escola Vivencial nosso irmão em Cristo, Joaquim – cidade de Araçatuba, para falar sobre “O cursilho por dentro“, primeira parte.

32567459_1585333901584232_8255688013548355584_n

Joaquim, contou um pouco da história do MCC e de sua própria entrada no movimento, lembrando que todas as mensagens proclamadas no retiro Cursilho 3 (ou 2) dias constituem uma única mensagem, toda ela querigmático-profético-vivencial, que gira em torno de:

  • O Plano de Deus – a Graça;
  • O Reino de Deus – os valores;
  • O Seguimento de Jesus de Nazaré – experiência.

O comunicador passou a importância dos testemunhos vivenciais de cada mensageiro responsável, lembrando que todas as mensagens são fundamentadas na Bíblia e na doutrina da Igreja.

Destacou que as mensagens no retiro cursilho não são discursos teológicos ou aulas catequéticas, pois o aprofundamento necessário será na catequese e virá depois, na Escola Vivencial.

As mensagens devem ser querigmáticas: anunciam o fundamental humano e cristão, com vistas a uma conversão integral da pessoa. E, destacou que a conversão deverá ser pessoal e social.

José Roberto Gomes (Beto)
69º Cursilho para Homens da diocese de Lins

Elizabeth de Lima Lacerda Gomes (Beth)
65º Cursilho para Mulheres da diocese de Lins

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 14/05/2018

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, 14/05/2018, nossa Irmã em Cristo Carina, nos falou sobre o: “ANO NACIONAL DO LAICATO“.

101_2016

Cristãos leigos e leigas, sujeitos na “Igreja em saída”, a serviço do Reino.

Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5, 13-14)

Período de 26 de novembro de 2017, Solenidade de Cristo Rei, à 25 de novembro de 2018.

O Ano Nacional do Laicato deseja fazer crescer “a consciência da identidade e da missão dos leigos na Igreja” (Papa Francisco).

Quanto mais o evangelho é vivido e testemunhado, maior é o anúncio e presença do Reino de Deus em nossa presença. Isto leva o cristão leigo a tornar-se, de fato, um missionário na família, na comunidade, no trabalho, onde estiver vivendo.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Castilho – 10/05/2018

Escola Vivencial MCC – Castilho

Ontem, 10/05/2018, na Escola vivencial de Castilho, iniciamos a reunião com um momento de espiritualidade elaborado pela Irmã Sandra, e realizados pelas cursilhistas Maria de Lourdes (Marcato) e Maria Jose (Mazá), que falaram sobre a Mãe Celestial, (Maria, a mãe de Jesus) a intercessora de todos nós perante o seu filho Jesus Cristo, pelos nossos pedidos e clamores.

Também, nós tivemos a leitura do evangelho do dia, o comentário e testemunhos de vários irmãos cursilhistas.

Para o Dia das Mães que se aproxima, Vadir Camilo faz um relato de como é quando surgiu o Dia das Mães no mundo e no Brasil. Após, entregue um mimo, a todas as mães presentes, ou a seus esposos, para levarem a suas mulheres em casa.

Culminando com bolos e refrigerantes para uma pequena confraternização.

José Maria
34º Cursilho para Homens da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 08/05/2018

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça-feira, 08.05.2018, iniciamos o encontro com a oração do Espírito Santo, para fortalecimento da nossa fé. Fizemos a leitura e breve comentário do evangelho do dia (Jo 16, 5-11).

036

Na sequencia, este que vos escreve, falou sobre o tema: “As obras de misericórdia“.

A igreja recomenda 14 (quatorze) obras de misericórdia, sendo 7 Corporais e 7 Espirituais, a saber:

Obras Corporais:

  1. Dar de comer a quem tem fome;
  2. Dar de beber a quem tem sede;
  3. Vestir os nus;
  4. Dar pousada aos peregrinos;
  5. Assistir aos enfermos;
  6. Visitar os presos;
  7. Enterrar os mortos.

Obras Espirituais:

  1. Dar bons conselhos;
  2. Ensinar os ignorantes;
  3. Corrigir os que erram;
  4. Consolar os tristes;
  5. Perdoar as injúrias;
  6. Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo;
  7. Rogar a Deus por vivos e defuntos.

Alguns cursilhistas presentes, externaram as suas conclusões, como também testemunharam alguns exemplos práticos de ações de misericórdia, bastante positivo para o crescimento espiritual do grupo.

Na bíblia, encontramos diversas referências à ação de misericórdia, que nos ensina a agirmos como verdadeiros cristãos. Alguns exemplos:

  • Quem tem duas túnicas reparta com quem não tem nenhuma e, quem tiver comida faça a mesma coisa (Lc 3,11).
  • Se um irmão ou irmã estiver nu e precisar do alimento quotidiano, e um de vós lhes disser: ide em paz, tratai de vos aquecer e de matar a fome, mas não lhes dais o que é necessário ao corpo, de que lhes aproveitará? (St 2, 15-16).
  • Parábola do bom samaritano (Lc 10, 30-37).
  • Porque o corpo humano foi morada do Espírito Santo. Somos templo do Espírito Santo (1 Cor 6,19).
  • Os que ensinam justiça ao povo brilharão como as estrelas pela eternidade sem fim (Dan 12,3b).
  • Se o teu irmão pecar, vá e mostre o erro dele, mas em particular, só entre vocês dois. Se ele der ouvidos você terá ganho o teu irmão. (Mt 18,15).
  • Aquele que converte um pecador do seu erro salvará da morte à sua alma e obterá o perdão de muitos pecados. (St 5,20).
  • De fato, se vocês perdoarem aos homens os males que eles fizeram, o Pai de vocês que está no céu também perdoará a vocês (Mt 6,14).

Paz e bem a todos!

Saudações De Colores.

José João Ricardo
31° cursilho para homens da Diocese de Araçatuba – abril/2012

O Cursilho por Dentro – parte 1

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

Nesta terça-feira, 08/05/2018, mês Mariano, iniciamos os trabalhos na capela interna da Casa de São Paulo, oferecendo a oração do santo Terço e os trabalhos da escola, em alavancas ao cursilhos que se realizarão nesta semana, no Brasil e no mundo. Cecilia lembrou dos aniversariantes e dos doentes, bem como dos convalescentes que já se recuperam em casa. Ouvimos o testemunho de Rafael, fruto do 43º Cursilho para Homens.  

DSC02822

Na sala de mensagem, Silvia lembrou:

  • O GED ainda está recebendo fichas para o 44º cursilho para mulheres
  • Osvaldo Carmona apresentou o resultado líquido do último almoço tradicional De Colores em R$4.623,00

A comunicação com o tema “O Cursilho por Dentro – Parte 1” ficou na responsabilidade de Joaquim Benicio Peruzzo, fruto do 58º cursilho da diocese de Lins (1988) e atual vice-coordenador do GED da diocese de Araçatuba.

DSC02826

Joaquim, com 30 anos de caminhada junto ao MCC, iniciou a comunicação lembrando que esta comunicação será dividida em duas partes, sendo ele encarregado da parte primeira.

DSC02837

Logo, começou com seu testemunho de como foi convidado para fazer a experiência do retiro cursilho, como escolheu uma mensagem para fazer no retiro dentro do livro “Esquema de ambientação e rollos“, observando que chegamos à atualidade com a mesma mensagem, ora dentro do livro “O cursilho por dentro – ambientação e esquemas“.

Neste plano, demonstrando a dinâmica e evolução do próprio retiro 3 (ou 2) dias do cursilho, apresentando aos presentes os livros originários, ainda, traduzidos do espanhol e que, seguindo os sinais dos tempos, sem deixar a doutrina da Igreja, foram se adaptando para se obter maior exito na evangelização.

Destacou o prefácio de Dom Mauro Montagnholi: 

“Por isso, o “Cursilho por Dentro – Ambientação e Esquemas” torna-se elemento indispensável para o conhecimento do MCC na sua essência e dinâmica e é recomendável para a formação pessoal e de quem se responsabiliza pelo MCC nas suas várias fases.”

Mostrou que o livro tem as seguintes divisões:

  • 1ª Parte – O Conteúdo da Mensagem
  • 2ª Parte – A Apresentação da Mensagem
  • 3ª Parte – Considerações Gerais sobre a Mensagem
  • 4ª Parte – Esquemas de Cursilhos de Três Dias
  • 5ª Parte – Esquemas de Cursilhos de Dois Dias
  • 6ª Parte – Cursilhos para Jovens
  • 7ª Parte – O MCC e o Documento de Aparecida
  • 8ª Parte – O MCC e a Evangelii Gaudium
  • Bibliografia Adicional

Destacou que, aquele cursilhista que sente vontade de fazer uma mensagem, antes de inicia-la deve ter mente essas recomendações:

  • Não ignorar as três primeiras partes do livro, indo direto para os “esquemas”.
  • Os esquemas são apresentados em forma de “sinopses” e são como “ossos” que necessitam da “carne” do mensageiro.
  • Indicações bibliográficas privilegiam os Documentos do Magistério da Igreja.
  • Na medida do possível, os mensageiros procurar utilizar a Bíblia Sagrada editada pela CNBB.

E, ainda, enfatizou: 

  • É necessário receber o livro de braços abertos e com o coração cheio de esperança.

Para proclamação da mensagem, observou uma sequência pedagógica:

  • Introdução
  • O plano de Deus – a Graça
  • O reino de Deus
  • O seguimento de Jesus de Nazaré
  • Conclusões

Na introdução, temos que no Cursilho (CUR) proclamam-se as verdades da fé, que têm sua raiz no Evangelho e constituem a Boa Nova. Proclamar a Boa Nova pelo testemunho de vida é o eixo fundamental do Cursilho, que tem como objetivo a conversão dos participantes.

Joaquim, lembrou que todas as mensagens proclamadas constituem uma única mensagem, toda ela querigmático-profético-vivencial, que gira em torno de:

  • O Plano de Deus – a Graça;
  • O Reino de Deus – os valores;
  • O Seguimento de Jesus de Nazaré – a experiência.

O Plano de Deus – a Graça:

Deus – Pai, Filho e Espírito Santo – é essencialmente Amor e deu início ao seu Plano de vida e de salvação. Ele quis que seus filhos fossem participantes da sua própria natureza e de sua vida divina. Mas o homem “quis construir, prescindindo de Deus, um reino neste mundo”. Por amor, o Pai não quis destruir o mundo; não desistiu de seu Projeto de vida e salvação. Envia para nós seu Filho divino, fonte inesgotável da Vida da Graça. Jesus Cristo revela Deus como Pai e anuncia um novo modo de relação dos homens entre si e com o Pai: o Reino de Deus.

O Reino de Deus – os valores (parábolas):

Jesus não define expressamente o Reino de Deus; por meio de parábolas e de sua prática de vida, diz  “o Reino de Deus está próximo de vocês”. O Reino é a mais importante realidade do seu anúncio, pois significa a plena realização do Projeto de Deus, que nada mais é do que Ele vir habitar em nós para que possamos ser um só com Ele. O novo tipo de relação dos homens entre si e com Deus é relação de justiça, de concretização dos direitos dos pobres, de amor e de perdão.

O Reino nos Evangelhos:

Os valores ou critérios que devem estar presentes na conversão pessoal e progressiva dos cristãos, visando à construção da sociedade humana e influenciando a mudança das estruturas e ambientes injustos que desfavorecem a vida plena. Na mensagem do Cursilho, o anúncio do Reino de Deus, seus critérios e valores, caracteriza a dimensão libertadora e de vida para todos. O Reino torna-se o eixo fundamental da Mensagem do MCC e do CUR.

O Seguimento de Jesus de Nazaré – a experiência:

Na busca de sua realização, o projeto de vida do cristão passa pela prática de Jesus Cristo, não apenas pela adesão da sua mensagem. Aceitar o Evangelho é seguir Jesus nas situações concretas da vida. É necessário tomar consciência de que Jesus “chama” os discípulos como o Pai o chamou para anunciar o Reino. Seguir Jesus requer coragem para enfrentar o fracasso e as tentações. Jesus passou por momentos de tentação e desapontamento. Passa pelo sofrimento da cruz e poucos foram os que quiseram ficar com Ele. E foi a um dos poucos que dá sua própria Mãe, Maria, por Mãe.

O MCC deve questionar, permanentemente, em suas posições teóricas e práticas, sobre o que é essencial na conversão e na edificação da comunidade eclesial: como apresentar ao homem e à mulher contemporâneos a Boa Notícia, de modo a levá-los de volta a Cristo? Não será com belas palavras, mas com realidades vivas e experimentadas, ou seja, oferecendo-lhes a “experiência da graça”, a experiência do Espírito Santo.

Concluindo.

Há uma única Mensagem a ser proclamada no Cursilho, toda ela querigmático-vivencial. Essa única mensagem gira em torno do Plano de Deus, do Reino de Deus e do Seguimento de Jesus de Nazaré.

Esse é o âmago, o coração da única Mensagem que os “mensageiros” não podem perder de vista, o fio condutor que vai tecendo todas as mensagens. Sem esse fio, elas ficam soltas, desligadas umas das outras e perdem de vista os seus objetivos e podem criar nos participantes um emaranhado de ideias e não uma contextura que os oriente.

Todas as mensagens, enraizadas numa só Mensagem, buscam facilitar o processo de conversão integral, progressiva e permanente (metanoia).

As mensagens são fundamentadas na Bíblia e na Teologia. Não são discursos teológicos ou aulas catequéticas. O aprofundamento pela catequese virá depois, na Escola Vivencial.

As mensagens devem ser querigmáticas: anunciam o fundamental humano e cristão, com vistas a uma conversão integral da pessoa. 
A conversão deverá ser pessoal e social.

Item Material Utilizado LINK
ANEXO 1 Material em Power-point OCursilhoPorDentro1parte

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC- Piacatu – 07/05/2018

Escola Vivencial MCC- Piacatu

Nesta segunda-feira, 07/05/2018, tivemos a presença na Escola Vivencial os irmãos em Cristo, Claudia com seu esposo e João Mauro (coordenador do GED) e, também, Adriano Valente (coordenador do setor de Birigui).

32087296_1578624855588470_2858168330236198912_n

A irmã Claudia fez a comunicação cujo tema foi: “O matrimônio; juramento não improvisado”.

Nossa irmã falou que o casal deve assumir o compromisso matrimonial, um compromisso feito diante de Deus.

Entre o casal deve existir diálogo compreensão, perdão.

O casal deve aprender a perdoar as pequenas coisas do dia a dia.

A presença de Deus é fundamental para abrir os caminhos e dar força ao casal.

Quanto mais próximo o casal estiver de Deus, mais próximo estará um do outro.

De Colores!

José Roberto Gomes (Beto)
69º Cursilho para Homens da diocese de Lins

Elizabeth de Lima Lacerda Gomes (Beth)
65º Cursilho para Mulheres da diocese de Lins

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 07/05/2018

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

101_1929

Nesta segunda-feira, 07/05/18, realizamos em nossa Escola Vivencial, sessão cinema, como estamos no mês de maio, mês dedicado a Maria na Igreja Católica, escolhemos o filme: “O MILAGRE DE FÁTIMA“.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

17º Encontro Nacional de Presbíteros – 26/04 a 02/05/2018 –

cb9b609f-b1f4-49f2-a6ed-a6f1fc587abf


Pe Agnaldo (Diretor Espiritual do MCC diocese de Araçatuba – SP)

pe agnaldo

17º Encontro Nacional de Presbíteros

De 26 de abril a 2 de maio do corrente ano, o Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, no Santuário Nacional de Aparecida, acolhe a 17ª edição do Encontro Nacional de Presbíteros. A reunião contará com a participação de mais de 500 padres, representando todas as Dioceses e Arquidioceses do Brasil.

Os trabalhos serão orientados com o tema: “Presbítero: discípulo do Senhor e pastor do rebanho” e lema: “cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho, pois o Espirito Santo vos constituiu como guardiães” (At 20,28).

O Encontro é promovido pela Comissão Nacional dos Presbíteros e pela Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, costuma ser assessorado por vários religiosos e convidados. Este ano contará com a presença do missionário redentorista Padre Paulo Sérgio Carrara, o Bispo Referencial da Comissão Regional de Presbíteros, Dom Juarez de Souza, além de outros bispos de cada regional e também a participação do Bispo Referencial para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada, Dom Jaime Spengler, o Arcebispo Emérito de São Paulo, Dom Claudio Hummes e o núncio Apostólico no Brasil Dom Giovanni D’Aniello.

Segundo o presidente da Comissão Nacional dos Presbíteros, Padre José Adelson da Silva Rodrigues, o encontro acontece a cada dois anos, em Aparecida (SP), intercalando com os encontros regionais. “É um encontro de participação, comunhão e reflexão da missão. Com certeza o encontro vai refletir as dimensões da formação dos presbíteros, pois precisamos pensar e fazer uma avaliação de nossas ações atuais, para projetar ações futuras”. Padre José Adelson também partilha que é urgente uma maior abertura para Pastoral Presbiteral.

Ele também conta que Aparecida é um local apropriado para a reunião de todos, porque é local de romaria, de missão e reflexão. “É uma riqueza partilhar e ver a alegria do povo aqui em Aparecida. Nós também estamos nesse processo de romaria e missão”.

fonte:
http://santuariosantaedwiges.com.br/17o-encontro-nacional-de-presbiteros-acontece-em-aparecida-sp.html

WhatsApp Image 2018-04-29 at 10.15.12 AM

Padre Agnaldo, Padre Jeferson e Padre Alexandre

Este slideshow necessita de JavaScript.

Terço dos Homens de Guaraçaí – Quarto Ano – 30/04/2018

Terço dos Homens de Guaraçaí – Quarto Ano

Dia 30/04/2018, comemoração do QUARTO aniversário do Terço dos Homens de Guaraçaí, com a participação de 500 pessoas (muitos são cursilhistas), de várias cidades da diocese de Araçatuba, que juntas rezaram o terço, na presença dos Padres Fernando, Padre David e padre Silvio.   

Após o terço foi servido um jantar de confraternização.

Luiz Carrenho

WhatsApp Image 2018-05-01 at 1.00.10 PM

Padre Silvio, Padre Fernando e Padre David.

WhatsApp Image 2018-05-01 at 12.58.53 PM

WhatsApp Image 2018-05-01 at 12.59.32 PM