Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro – 02/04/2018

Escola Vivencial MCC – Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, 02/04/18, recebemos em nossa Escola Vivencial, nossa irmã em Cristo, Dayane e seu esposo e Silvia, da cidade de Araçatuba.

101_1759

Dayane nos falou sobre: “1ª Carta de São Paulo aos Coríntios“.

Iniciou com uma dinâmica, para refletirmos sobre as nossas atitudes do dia-a-dia e na sequência, explicou um trecho da 1ª Carta de São Paulo aos Coríntios 12, 12-27.

Em seguida dividiu os presentes em grupos e para reflexão entregou algumas questões, depois apresentadas em plenário.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Paixão é inevitável

A Paixão é inevitável

A Paixão é inevitável: seja você um Galileu que incomoda o poder civil e religioso do seu tempo por fazer o bem de graça; seja você um homem (ou uma mulher comum) que, indignado diante das injustiças que se desenrolam diante de seus olhos, decide não se calar. A punição é a mesma de sempre: prisão arbitrária, julgamento injusto, flagelo, humilhação, assassinato. A reação do povo é a mesma de sempre: saudação com ramos na entrada de Jerusalém, elogios rasgados que transformam o réu em celebridade, indiferença diante da condenação sem provas, mudança de opinião conforme manda a mídia – crucifiquem este e soltem aquele…

clip_image0022A Páscoa é inevitável. A Ressurreição será constatada bem cedo e será alegremente anunciada por gente a quem os bem-nascidos não devotam nenhuma consideração. Os algozes ficarão sem palavras e terão que começar a pensar em como eliminar o Ressuscitado… Os perdoados pelas fraquezas de última hora, encontrarão forças para sair em direção aos confins da terra ensinando o que tinham aprendido com Ele.

Escolher é inevitável. Acovardar-se diante da sentença, ou manter-se firme em meio da perseguição que virá. Perder-se anonimamente no meio da multidão ou pregar sobre os telhados. Comportar-se como quem simplesmente obedece à lei, ou expulsar os cambistas do templo. Agradar ao mundo ou preocupar-se com os excluídos.

Estou certa de que você está entre os que entenderam que, haja o que houver, é a verdade que liberta. Por isso desejo-lhe uma Feliz Páscoa da Ressurreição!

Maria Elisa Zanelatto
Abril de 2018

Escola Vivencial MCC – Murutinga do Sul – 27/03/2018

Escola Vivencial MCC – Murutinga do Sul

“A Eucaristia nos purifica a cada dia”

Iniciamos nosso dia 27/03/2018, às 5:30h, com a preparação da “Caminhada Penitencial“. 

WhatsApp Image 2018-04-03 at 2.26.04 PM

Iniciou-se com a proclamação do Evangelho Jo 13,21-33.36-38:

“Jesus ficou profundamente comovido e testemunhou: ‘Em verdade, em verdade, vos digo, um de vós me entregará’” (João 13,21).

Após a partilha do evangelho, falamos sobre o tema “Penitência” e, em seguida, distribuídos versículos bíblicos para cada fiel. 

Saída para a caminhada rezando o terço, finalizado em frente a Nossa Senhora Aparecida entregando a ela o nosso dia.

Finalizamos nossa caminhada com a comunhão distribuída pelo padre David e seu ministro auxiliar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A noite nos encontramos novamente para celebrar a Palavra na Capela do Assentamento Santa Cristina, realizada pelo irmão Euclides (Cridão).

Este slideshow necessita de JavaScript.

“A Eucaristia é para nos santificar, transformar-nos e colocar-nos em comunhão com Deus e não com o mal.”

Drieli Oliveira Fioravante Araújo
4º Cursilho para Jovens da diocese de Araçatuba

Escola Vivencial MCC – Bilac – 27/03/2018

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça-feira, 27.03.2018, como cristãos, os cursilhistas unidos à comunidade católica da cidade de Bilac, participamos da procissão do encontro de Nossa Senhora das Dores com Nosso Senhor dos Passos.

As mulheres carregaram o andor da Mãe e os homens o andor do Filho, saindo, respectivamente, da igreja matriz e da capela do Lar São Vicente de Paula.

O encontro emocionante dos andores ocorreu na confluência da Avenida Coriolano Pompeu Filho com a Rua Walter Orsati e, a partir daquele ponto, as imagens seguiram juntos até a capela São Benedito, bairro Jardim Paulista, onde ocorreu o encerramento com a celebração da Santa Missa, presidida pelo nosso pároco Padre Paulo.

Esse importante gesto de fé, simboliza o momento em que Jesus carrega em seu ombro o peso de todos os nossos pecados, como também a dor e aflição de Maria vendo e acompanhado o sofrimento de seu filho amado.

Nos tempos atuais, várias mães também choram pelos filhos envolvidos com drogas e atos ilícitos, que gera violência e mortes precoces, muitas vezes por falta de oportunidade de estudo e trabalho, motiva pela ausência do estado de direito que nada faz para minimizar essa situação caótica que estamos vivendo em nosso país.

Padre Paulo a partir do evangelho do dia (Jo 13,21-33.36-38) fez uma reflexão, destacando a ação de Jesus que, mesmo diante da traição Ele age com misericórdia, quando oferece um pedaço de pão passado no molho ao traidor.

Que as nossas atitudes sejam de amor e respeito ao próximo, como Jesus nos ensinou.

Paz e bem!

Feliz e abençoada semana santa a todos!

Saudações De Colores.

José João Ricardo
31° cursilho para homens da Diocese de Araçatuba – abril/2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

GER – Assembléia Regional – Lins (SP) – 23 a 25/03 de 2018

MCC – Movimento de Cursilhos de Cristandade

GER SUL I – BOTUCATU

ASSEMBLÉIA REGIONAL – 2018

Lins – SP, 23 a 25/03 de 2018

ITEL – Instituto teológico de Lins

Aconteceu na cidade de Lins (SP) a Assembleia Regional de 2018 do MCC – GER SUL I Botucatu (SP), entre 23 e 25 de março do corrente ano, no Instituto Teológico de Lins, com a presença de João Gimenez Barciela Marques – coordenador do GEN e Pe Lúcio Bento de Souza – Assessor Eclesiástico do MCC no GER SUL 1 Botucatu.

DSC02624

Foto oficial da AR-2018

DSC02635

Dom Francisco ladeado por João Barciela (GEN) e Aristeu (GER)

Com a visita de Dom Francisco Carlos da Silva, bispo diocesano de Lins.

Carinhosamente, Dom Francisco ressaltou a importância de todos os participantes, que se dispuseram passar um fim de semana, para aumentar sua formação, no trabalho de evangelização, principalmente neste ano dedicado ao laicato no Brasil.

Outros detalhes podem ser conhecidos na ATA do encontro que segue abaixo na tabela de Links do material produzido e utilizado na Assembleia.

O GED de Araçatuba foi representado por João Mauro Fidalgo (coordenador do GED) e Joaquim Benício Peruzzo (vice coordenador do GED), além de Jorge Tadeu (blog) e Claudia Maria Fidalgo.

DSC02645

Deliberado, também, que a AR-2019 será eletiva, nos dias 31/05 a 02/06 e na cidade de Araçatuba.

Item Material Utilizado Link
1 Tema e Lema ARs 2018 – LEMA E TEMA
2  VER ARs 2018 – VER
3 DISCERNIR ARs 2018 – DISCERNIR(1)
4 AGIR ARs 2018 – AGIR
5 Quadrante da AR – 2018 AR 2018 – LINS QUADRANTE
6 ATA  AR – 2018 AR 2018 – LINS – ATA.aprovada

Abaixo, algumas imagens da Assembleia Regional 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Castilho – 22/03/2018

Escola Vivencial MCC – Castilho

Tema : O Amor aos olhos de Deus na Bíblia.
Comunicador: Giba

Nesta quinta feira, dia 22 de março de 2018, a escola vivencial de Castilho teve a abertura com a participação da irmã em Cristo Maria Ananias que proporcionou um momento de espiritualidade que a todos fez refletir enchendo-nos do Espírito Santo de Deus.

WhatsApp Image 2018-03-23 at 10.34.39 AM (1)

Após as reflexões da Palavra, nosso irmão Giba, fruto do último Cursilho Masculino, proferiu uma mensagem com o tema: O Amor aos olhos de Deus na Bíblia.

WhatsApp Image 2018-03-23 at 10.34.33 AM

Em seguida, o veterano Valdir Camilo, fez uma mensagem em nome do cursilho local, em homenagem a TATY, que no próximo domingo irá morar em Portugal, junto de seus familiares, mas sem uma data prevista de volta.

À irmã Taty, que todos aprenderam a gostar por sua forma carinhosa de tratar a todos e por seu grande envolvimento com o nosso MCC, bem como com os trabalhos litúrgicos na nossa Igreja juntamente com o nosso Padre Paulinho.

A TATY só temos a agradecer por todo este tempo de prazer em sua companhia.

José Maria
34º Cursilho para Homens da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Coroados – 21/03/2018

Escola Vivencial MCC – Coroados

Paz e bem a todos.

Nesta quarta-feira, 21/03/2018, nos reunimos, no amor de Cristo, para neste tempo de Quaresma nos colocarmos aos pés de Jesus, nesta caminhada de reconciliação, pois é preciso dar vida as palavras, também, com nossas atitudes no dia-dia.

IMG_8017

No Evangelho do dia (Jo 8,31-42), Jesus nos mostra que quando não permanecemos na sua palavra, é como se ficássemos perdidos na fé, sem direção.

Precisamos enxergar o mundo pelos olhos de Deus e não pela ótica do mundo em que vivemos.

Deixemos neste tempo, Jesus nos conduzir e, assim veremos que a vida ganhará novo sabor e as tristezas se transformarão em alegrias e lágrimas em sorrisos.

Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo… para sempre seja louvado.

Eliana Marques
37º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Murutinga do Sul – 20/03/2018

Escola Vivencial MCC – Murutinga do Sul

Nesta terça-feira, 20 de março, a escola vivencial teve a comunicação por nossos irmãos Bruna e Dênis.

WhatsApp Image 2018-03-22 at 8.23.59 AM

Bruna iniciou com a partilha do evangelho

“Para aonde eu vou, vós não podereis ir.” (Jo 8,21-30)

Breve reflexão: Jesus é como aquela sarça ardente na qual Deus, dirigindo-se outrora a Moisés, revelou o seu próprio nome: “Eu sou”. Cristo, ardendo de caridade, mas sem jamais se consumir, irá se entregar à morte dentro de poucos dias para destruir a própria morte e doar-nos uma vida renovada.

Denis conduziu a comunicação com o tema: A Espiritualidade cristã!

Tópicos do estudo:

  • A espiritualidade cristã e qualidade de vida precisam caminhar junta
  • No processo de cura precisamos ter espiritualidade saudável e qualidade de vida

Quando falamos em qualidade de vida, logo nos lembramos de uma alimentação saudável, exercícios, noites de sono bem dormidas e outras centenas de métodos que visam cuidar da pessoa de um modo que possa viver mais e melhor.

  • Onde entra, a espiritualidade cristã dentro do contexto de uma vida saudável?
  • O que acontece quando nos descuidamos de nossa espiritualidade?
  • Onde viver a espiritualidade?

Quem descobriu na espiritualidade um jeito maduro de ser mais humano e divino, encontrou em si mesmo o segredo do amor de Deus que em nós equilibra todos os aspectos da vida.

Fonte: Estudo do Padre Flávio Sobreiro/Espiritualidade/Vida de oração.

Drieli Oliveira Fioravante Araújo
4º Cursilho para Jovens da diocese de Araçatuba

Escola Vivencial MCC – Bilac – 20/03/2018

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça-feira, 20.03.2018, refletimos as palavras da Sagrada Escritura, descritas no capitulo 1 do evangelho de Jesus Cristo segundo de São Marcos, através do método: Lectio Divina:.

  • Leitura
  • Meditação
  • Oração.
  • Contemplação.

181 - Cópia

Começo da Boa Notícia de Jesus, o Messias, o filho de Deus.

O anuncio da chegada do Messias: João Batista anuncia a vinda de Jesus e adverte para a necessidade de mudança no conceito de vida, pois, a partir da sua chegada, grande transformação será provocada.

O Messias é Jesus de Nazaré, o Filho de Deus: A vinda de Jesus cria-se uma ponte entre o Criador e Criatura, acabando com a separação entre Deus e os homens e estabelece o Reino do Pai Celeste através do serviço, como servo de Javé (Is 42,1-2).

Jesus vai enfrentar o mal: Jesus é tentado por forças malignas que atormentam e escravizam os homens, porém, a sua obediência a Deus faz com que Ele saia vencedor nessa luta.

A pregação de Jesus: Jesus, em suas primeiras palavras, deixa claro que acabou o tempo de espera, pois o Reino de Deus está próximo e convida a todos a converterem-se e acreditarem na Boa Notícia.

Seguir Jesus é comprometer-se: Assim como fizeram os primeiros discípulos, nos tempos atuais, devemos deixar a nossa zona de conforto e sairmos para anunciar a Boa Nova para aqueles que ainda não entenderam a proposta de Jesus.

Jesus vence a alienação: O poder e ação Jesus está acima de tudo e de todos, principalmente, das leis mal interpretadas pelos poderosos. Com Ele doenças que parecem não ter curas desaparecem e ações demoníacas que parecem ter poderes intocáveis são derrotadas.

Ser livre para servir: Os homens curados dos efeitos demoníacos e de suas respectivas enfermidades estão libertos de todos os males e livres para se levantarem e colocarem-se a serviço do Reino Celestial.

Jesus rejeita a popularidade fácil: Jesus prefere o anonimato para falar com o Pai e cumprir sua missão, mas a tentação novamente se faz presente quando Pedro Sugere a Ele para aproveitar a popularidade conseguida anteriormente.

Jesus e os marginalizados: Por motivos higiênicos e religiosos os leprosos eram marginalizados e afastados do povo (Lv 13,45-46), demonstrando claramente uma sociedade que, ao invés de acolher, produz exclusão, provocando uma grande ira em Jesus. Diante dessa injustiça, é dever de todos aqueles que recebem a cura apresentar-se para dar testemunho sobre um sistema excludente e opressor. O marginalizado agora se torna testemunho vivo, que anuncia Jesus, aquele que acolhe e purifica.

Oração:

Senhor, peçamos-te apenas sabedoria e cura espiritual, para que sejamos mensageiros dos seus preceitos, das suas ações e testemunhos vivos da sua presença salvadora, que  sempre socorre a todos nos momentos de dificuldades e tribulações. 

Paz e bem a todos!!!

Saudações De Colores!!!

José João Ricardo
31° cursilho para homens da Diocese de Araçatuba – abril/2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 20/03/2018

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

“E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.” (Mt 1, 24-25)

Nesta terça feira, 20/03/2018, iniciamos os trabalhos do dia, na capela interna da Casa de São Paulo e fizemos o exercício espiritual da Via Sacra, oração que nos fez acompanhar de maneira profunda os passos de Jesus no caminho da cruz. A oração em intenção aos cursilhos que se realizam neste final de semana no Brasil e no mundo.

DSC02570

Exercício Espiritual da Via Sacra

Também, lembrados os aniversariantes da semana.

DSC02580

Osvaldo Carmona, aniversariante do dia

Na sala de mensagens, avisos da semana pela Sílvia, coordenadora do Setor de Araçatuba:

  • Entrega de fichas de indicação dos candidatos para os cursilho de homens (13 a 15.04) e de mulheres (23 a 25.05), bem como a manifestação da disponibilidade para o trabalho nesses cursilhos;
  • Promoção do almoço no dia 08.04 – necessidade de ajuda na venda dos convites e nos trabalhos no dia;
  • Romaria Nacional do MCC à Aparecida, dia 30.06 – há 10 vagas disponíveis para Araçatuba neste evento organizado pelo Setor de Birigui;
  • Na próxima 3ª feira não haverá o encontro da Escola Vivencial para propiciar aos cursilhistas a participação nas atividades religiosas da Semana Santa em suas comunidades/paróquias;
  • Dia 03/04 – a comunicação na EV terá como tema “Depressão”, tendo como mensageira a psicóloga Ana Quintiliano.
DSC02581

Lúcia, filho Mauro e nora Carla

Em continuidade, a comunicação “São José, fiel vocacionado”, pela irmã cursilhista Lúcia Cantareira, discorrendo sobre algumas considerações sobre a vida de São José:

Quem é São José?

  • Santo que com sua vida (trabalho, sacrifício, amor) o aproxima da concepção de vida familiar;
  • O evangelho define sua essência de santidade: “era um homem justo”;
  • A Igreja deu-lhe o qualificativo “Santíssimo”.

São José – o grande desconhecido

  • Como explicar certa indiferença por parte de alguns diante da figura deste santo? Falta de conhecimento suficiente através de estudos e divulgações. Necessário realçar suas belezas interiores e exteriores. José foi o doce conforto da mãe de Deus; o provedor do necessário sustento do Salvador dos homens; cooperador único na terra do desígnio altíssimo da encarnação redentora.

Um simples carpinteiro:

  • não pertencia à classe dos saduceus, dos fariseus, dos escribas ou doutores da lei, dos zelotes, dos essênios.
  • Era homem justo, amava a Deus com todas as suas forças e também ao próximo.

O dia-a-dia de José:

  • José nasceu num clima político-social de pobreza, de sublevações e conflitos que perduraram por muito tempo. Aprendeu o ofício de carpinteiro, assim deduzimos que pertenceu à classe dos artesãos.
  • José se apresenta como um homem completo: personalidade rica, segurança em si e nos seus afazeres, inteligente e culto.

O casamento de José:

  • Diante da gravidez de Maria, José ficou confuso e num dilema penoso. Estava convencido da inocência da esposa e podia negar sua gravidez. Não sabia que Maria era a mãe do Filho de Deus. O anjo o tranquilizou, ele aceitou e tudo indica que fez com Maria um voto de castidade.

A paternidade de José:

  • José é esposo legítimo da mãe de Deus e o verdadeiro pai de Jesus. Teve verdadeiro amor paterno pelo Filho. Exerceu sua missão de pai não só defendendo o Filho dos perigos e o sustentando, mas toda a bagagem de sua vida influenciou profundamente a vida de Jesus.

imagem-de-so-jose-em-gesso-87-cm-D_NQ_NP_481601-MLB20356729348_072015-FOutras considerações:

Ainda, sobre a pessoa de São José: seus privilégios e virtudes e sua morte. Dentre as considerações, destacamos as sete dores e as sete alegrias de São José.

A mensageira, também, discorreu sobre as festas litúrgicas de São José. A cada ano, a Igreja apresenta em sua liturgia duas grandes festas em honra ao santo. Dia 19 de março – Festa de São José – e 1º de maio – festa de São José Operário. Esta última instituída pelo papa Pio XII.

Lúcia também apresentou o santo como José, o leigo. Deus poderia ter determinado um tutor de seu Filho humano: um mestre da lei, um sacerdote ou um levita. A escolha divina recaiu sobre um leigo que se assemelhou a Jesus manso e humilde de coração e, como o Filho, não veio para ser servido mas para servir.

O pai legal de Jesus, chefe da Sagrada Família, esposo da Virgem Maria, carpinteiro de profissão, participou como primeiro leigo da tríplice missão de Jesus. Missão que a Igreja reconhece a todos os leigos:

  1. Função sacerdotal e cultural;
  2. Função profética e de testemunho;
  3. Função real e de serviço.

São José, reconhecido hoje como leigo “qualificado”, deve ser imitado, invocado e venerado por nós de diferentes formas.

Arquivo anexo: Dores e Alegrias de São José. Fonte: www.josemariaescriva.info

Fonte de pesquisa: São José, Fiel Vocacionado – Pe. José Antônio Bertolin, OSJ – Editora Ave Maria

Joaquim Benício Peruzzo
58º Cursilho para Homens da diocese de Lins – abril/1988

Item Material Utilizado LINK
ANEXO 1 texto no PDF Doresealegrias

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola vivencial MCC – Castilho – 15/03/2018

Escola Vivencial MCC – Castilho

Dia 15 de março 2018
Tema : “O Velho aos olhos de Deus, da Família e da Sociedade
Comunicador: Valdir Camilo

20180314_204146Hoje após a abertura da reunião, a irmã Marly, elaborou um momento de espiritualidade, com uma dinâmica, para refletirmos e ficarmos mais próximos nos ensinamentos da Palavra de Deus.

Marly desenvolveu o tema “Somos sal da terra e Luz do mundo“, para assim prepararmos para a Palestra a ser proferida pele irmão Valdir Camilo.

Após a reflexão tivemos o comunicador Valdir, com o tema: “O Velho aos olhos de Deus, da Família e da Sociedade“, com muita experiência dando exemplos, testemunhos próprios complementados por irmãos presentes que deram relatos das violências sofridas pelos idosos dentro da família.

José Maria
34º Cursilho para Homens da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Coroados – 14/03/2018

Escola Vivencial MCC – Coroados

Olá paz e bem a todos.

Nesta quarta-feira, 14/03/2018, estivemos reunidos com a Graça de Deus e intercessão de Maria, para falarmos sobre o tempo da Quaresma e alguns preceitos para encontrarmos a paz de espírito e termos um bom e acolhedor encontro com o Pai.

IMG_7717

Para viver bem o tempo da Quaresma necessitamos de práticas para o bem, tais como:

  • Temos que ter oração para entrar em comunhão com Deus, meditar a Palavra na Escritura Sagrada;
  • Jejuar especialmente nas sextas-feiras;
  • Ajudar o próximo;
  • Confessar-se para obter perdão e ser perdoado,
  • Participar e entregar-se à Santa missa.

Quaresma é tempo de conversão, de reconciliar-se com Deus. Sejamos abertos para mudança e conversão para que nossos atos sejam favoráveis no dia da salvação.

Finalizamos lendo e meditando o evangelho.

Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo… para sempre seja louvado.

Eliana Marques
37º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Murutinga do Sul – 13/03/2018

Escola Vivencial MCC – Murutinga do Sul

Nesta terça-feira dia 13 de março de 2018, nossa Escola vivencial preparou um momento com o Espírito Santo, com a intercessão de Nossa Senhora, no Lar dos Idosos.

O ministro da Palavra, irmão em Cristo Euclides Bianchini distribuiu a comunhão para os internos.

Momento profundo de contato direto com o corpo de Cristo.

Drieli Oliveira Fioravante Araújo
4º Cursilho para Jovens da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Bilac – 13/03/2018

Escola Vivencial MCC – Bilac

Terça feira, 13.03.2018, iniciamos o encontro com a oração do Espírito Santo, proclamação e breve reflexão do evangelho do dia (Jo 5,1-16).

219

Na sequencia, este que vos escreve, falou sobre o tema: Vida, Dom Gratuito de Deus!

O dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus Nosso Senhor. (Romanos 6:23)

A vida é um dom divino que Deus nos concede gratuitamente, não pede nada em troca e ainda nos dá liberdade para decidirmos sobre qual caminho queremos seguir, porém, somos responsáveis por todos os nossos atos e ações.

Entretanto, temos apenas duas opções de escolha: a perdição e a salvação.

Aqueles que optam pela perdição, se afastam de Deus, fere a alma, vivem nas trevas e não compartilham o amor com o próximo.

Quando optamos pela salvação, caminhamos lado a lado com Jesus, somos tomados pela fé, colocamo-nos a serviço dos irmãos, proclamamos a palavra de Deus por todos os lugares por onde passamos.

Cada ser humano é especial, criado para ser feliz, e a felicidade só existe de verdade, quando ela é partilhada com os outros.

Ninguém pode dizer que é feliz estando sozinho, fechado no seu mundo, no seu egoísmo, sem conviver com os outros.

Em Deus, somos sal e luz, para darmos gosto na vida do irmão e luz para tirá-lo das trevas.

Oração:

Pai bondoso e misericordioso que nos deste a vida que, dentre todos os dons que recebemos és o mais precioso, acumulai-nos de sabedoria para que possamos viver intensamente cada momento, com sorriso e amor ao próximo, desapegado aos bens materiais e livres do desejo desenfreado de acumularmos riquezas materiais a qualquer custo que, aparentemente nos tornam poderosos perante a sociedade, mas na verdade nos faz fraco diante de Deus e dos irmãos, pois o que nos fortalece, nos enche de riqueza e nos faz ser sal, fermento e luz para o mundo, são às nossas atitudes e ações espirituais.

Paz e bem a todos!

Saudações De Colores

José João Ricardo
31° cursilho para homens da Diocese de Araçatuba – abril/2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Araçatuba – 13/03/2018

Escola Vivencial MCC – Araçatuba

Nesta terça-feira, 13/03/2018, iniciamos os trabalhos do dia na escola vivencial do MCC de Araçatuba, na capela interna oferecendo a Santa Missa celebrada por Padre Rudnei da paróquia São Sebastião em alavanca aos cursilhos que acontecerão no próximo fim de semana, no Brasil e no mundo. Lembramos dos aniversariantes e pedimos Graças pelos doentes.   

DSC02554
Padre Rudnei da Congregação Claretiana, atualmente da Paróquia São Sebastião, assistido por Valdeci

Na sala de mensagens Luis Henrique, lembrou:

  • Fichas dos candidatos ao cursilho para homens
  • Disponibilidade de  mensageiros
  • Almoço do setor em 08/04
  • Distribuição dos carnes de manutenção da Casa de São Paulo
  • Romaria à Aparecida promovida pelo GEN

Para comunicação, Pe Rudnei que é natural da cidade de Campinas e pertence a Congregação Claretiana, atualmente como pároco na paróquia São Cristóvão em Araçatuba, trouxe aos presentes sua história de vida desde a atendimento ao chamado na vocação pessoal, passando por exemplos de vida na missão de outros padres que o ajudaram para que intensificasse seu empenho na caminhada e sua entrega na missão evangelizadora. 

O sacerdote, apresentou suas experiências, no período de oito anos no país de Moçambique (continente Africano), onde pegou 30 (trinta) malárias, que reduziu em muito suas hemoglobinas e capacidade física, sendo orientado pelos médicos a voltar ao Brasil sob a condição de permanecendo naquele país, morreria.

Visando continuar a sua missão, retornou ao Brasil, mas carreado de muita experiência pessoal, na formação daqueles que nada conheciam de Cristo e ajudou a firmar o legado em mais de 200 comunidades, em duas paróquias na região, quando enviado pela sua congregação.

DSC02553

Padre Rudnei, por meio de slides, mostrou as condições precárias de deslocamento (estradas) naquele país, lembrando com carinho de pessoas que chegavam a andar a pé 40 Km, para estarem debaixo de um pé de caju, sentados no chão (não existia prédio, cadeiras, ar condicionado, etc) para participar da Santa Missa, ter algumas horas de formação, receber uma refeição e retornar, novamente a pé, mais 40 km.

No seu testemunho, destacou que é possível ver em nosso país, que a cada ano diminuem os homens  que se entregam à vida do sacerdócio, e salientou que no futuro, a Igreja no mundo, poderá ser fomentada, por muitos homens vindos daquele continente. 

Do testemunho de vida, tiramos um pedido de orações para que mais homens ouçam o pedido de vocação para dar continuidade na missão que Cristo nos deixou como leigos, mas que precisamos exercê-la junto aos pastores, os quais só eles podem nos dar o alimento da Eucaristia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC – Piacatu – 12/03/2018

Escola Vivencial MCC – Piacatu

Tema: “Escola Vivencial: Um caminho de formação
Comunicador: Silvia Sakamoto (Araçatuba)

A Escola Vivencial recebeu Silvia, que veio acompanhada de seu esposo Osvaldo e durante a comunicação foi clara em dizer que a prioridade do Movimento de Cursilhos de Cristandade é que todos tenham uma formação integral.

29101605_1522491147868508_7290848173419921408_n

Por esta razão temos que perseverar, sempre participando da escola vivencial. Além de nos formar na fé, formamos e partilhamos de outros assuntos.

Temos que seguir a pedagogia de Jesus.

A comunicadora deu seu testemunho de 30 anos participando na escola vivencial e recomendou aos presentes a estudar os documentos do MCC.

De Colores.

José Roberto Gomes (Beto)
69º Cursilho para Homens da diocese de Lins

Elizabeth de Lima Lacerda Gomes (Beth)
65º Cursilho para Mulheres da diocese de Lins

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escola Vivencial MCC- Gabriel Monteiro – 12/03/2018

Escola Vivencial MCC- Gabriel Monteiro

Nesta segunda-feira, 12/03/18, recebemos com muita alegria, em nossa Escola Vivencial, Frei Claudemir, que nos apresentou a seguinte mensagem: “‘SEGUINDO AS PEGADAS DO SENHOR, CAMINHAREMOS PARA A PÁSCOA“.

101_1673

Frei Claudemir falada Páscoa de Cristo  

A primeira Páscoa que temos que ter em mente é a Páscoa de Jesus.

Páscoa significa passagem, desta vida, para a vida eterna.

Deus não nos criou para a morte, Deus nos criou para a vida.

O Batismo nos dá essa consciência de que um dia também nós viveremos a nossa Páscoa, a nossa passagem.

A data da Páscoa não é fixa é móvel, marcamos a Páscoa a partir do calendário Europeu, é marcada na primeira lua cheia, depois da primavera, nosso calendário é Lunar. No Sábado de Aleluia é lua cheia, simbolizando que a Luz sempre vence as trevas.

A Quaresma institui três pilares do exercício Quaresmal:

  • Jejum
  • Oração
  • Esmola

Cada domingo do tempo da Quaresma tem o objetivo de catequizar.

Precisamos entender que esses quarenta dias, é como se fosse um grande retiro para toda a comunidade. É importante que nós, sobretudo neste tempo, possamos reavaliar a caminhada, colocar a nossa vida em Cristo.

Jovânia Bassi da Silva
13º Cursilho para Mulheres da diocese de Araçatuba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ultréya em Guararapes – 10/03/2018

Ultréya em Guararapes

WhatsApp Image 2018-03-11 at 00.28.06

Padre Agnaldo Israel Ferreira (Diretor Espiritual do Movimento de Cursilhos de Cristandade na Diocese Araçatuba), partilha as Bodas de Prata de seu sacerdócio junto á sua comunidade de cursilhistas, em santa Missa de Ação de Graças pela Ultréya de Guararapes    


WhatsApp Image 2018-03-11 at 00.27.50

Presentes representantes das cidades de Araçatuba, Bilac, Birigui, Castilho, Clementina, Coroados, Piacatu, Santópolis do Aguapeí e da cidade acolhedora Guararapes    


WhatsApp Image 2018-03-11 at 00.32.50

Maria Neusa Bulgueroni Costa foi a mensageira com o tema “A consciência da Identidade e da Missão dos Leigos na Igreja e Sociedade” – doc em anexo. 


WhatsApp Image 2018-03-11 at 00.32.51 (1)

A mensageira traz na mensagem um testemunho de vida partilhado por muitos leigos e leigas na sua caminhada.


WhatsApp Image 2018-03-11 at 00.32.54

João Mauro Fidalgo, coordenador do GED, além dos recados habituais, faz um breve resumo da história do Diretor Espiritual no MCC da diocese de Araçatuba, agradecendo, em nome de todos os cursilhistas, seu empenho e total disponibilidade em prol do MCC, desde 2002.


WhatsApp Image 2018-03-11 at 00.31.59

Ao fim, padre Marcelo de Menech Machado e Padre Agnaldo Israel Ferreira dão a benção final, de ida à missão, aos cursilhistas.  

Item Material Utilizado LINK
ANEXO 1 texto no word A CONSCIÊNCIA DA IDENTIDADE E DA MISSÃO DOS LEIGOS NA IGREJA E NA SOCIEDADE

Este slideshow necessita de JavaScript.